25/05/2022 às 10h57min - Atualizada em 25/05/2022 às 10h57min

Governo de Alagoas instala Sala de Alerta no Corpo de Bombeiros para monitorar chuvas em todo o Estado

Governador Paulo Dantas e todo efetivo da corporação estão de prontidão para atender ocorrências

 

O Governo de Alagoas instalou uma Sala de Alerta no Corpo de Bombeiros para monitorar as ocorrências provocadas pelas chuvas intensas  que atingem vários municípios alagoanos, além de Maceió,  desde a terça-feira (24). De acordo com o coordenador da Assessoria Militar do Governo de Alagoas, coronel André Madeiro, todo o sistema de Corpo de Bombeiros está em estado de alerta, com 134 militares e 34 viaturas a postos em regime de prontidão. “Já fizemos um Plano de Chamada para suspender todas as folgas do militares para ficarem de prontidão”, informou coronel André.

Segundo ele, as situações mais preocupantes são no município de Feliz Deserto, onde o nível do rio está muito acima de sua capacidade e já tem várias ruas alagadas e famílias desabrigadas. Em Penedo, houve registro de desabamentos com quatro vítimas. “Em estado de alerta estamos aqui em Maceió, com algumas equipes já de prontidão”, acrescentou o coordenador da Assessoria Militar.

O governador Paulo Dantas disse que está trabalhando irmanado com os municípios na assistência às pessoas atingidas pelas chuvas. “Temos mantido linha direta com prefeitos. Desde ontem, entrando pela madrugada,  o Corpo de Bombeiros e Defesa Civil estão operando com a Semarh em ações de apoios às áreas inundadas”, afirmou o governador.

No início de manhã desta quarta-feira (25), houve o registro de um idoso, no bairro da Pitanguinha que foi arrastado para um bueiro, por quase 150 metros, mas foi socorrido com vida. “Desde as primeiras horas do dia, o Corpo de Bombeiros tem atuado nas localidades em que ocorreram alagamentos e em alguns locais onde houve desabamentos, a exemplo de Penedo, e recentemente no bairro da Pitanguinha , em Maceió. Fora isso, a Defesa Civil do Estado, em conjunto com a Defesa Civil dos municípios alagoanos,  está dando total assistência e o governador Paulo Dantas pediu empenho para que a gente entrasse em contato com cada  prefeito para que nenhum município ficasse desassistido”, completou André. 

Sala de Alerta

 A Sala de Alerta da Secretaria de Estado do Meio Ambiente e Recursos Hídricos (Semarh) está fazendo o monitoramento das ocorrências das chuvas em todo o Estado, emitindo alertas meteorológico e hidrológico.   Segundo o chefe da Sala de Alerta, Henrique Mendonça, nas últimas 24 horas a média de chuvas foi entre 150 mm a 200 mm, principalmente nas regiões da Zona da Mata e Litorânea.

Os maiores  volumes de chuva foram registrados em Feliz Deserto, que chegaram a 200 mm, e em Paripueira, com 170mm, nas últimas 24 horas.  Em Maceió, na parte alta da cidade, foram registrados 110mm, a exemplo do Tabuleiro do Martins, e 120mm na parte baixa, entre os bairros do Trapiche da Barra e Centro.

“No mês de maio é comum a ocorrência de chuvas intensas, mas este ano estamos sobre a influência do La Niña e do aumento da temperatura no Oceano Atlântico, aumentando os índices de chuvas na região litorânea”, explicou o chefe da Sala de Alerta.

Em relação ao alerta hidrológico, as situações mais preocupantes são em relação aos rios Jacuípe e Mundaú, na Zona da Mata, que estão cheios, mas estão estáveis. “Nossa preocupação é que o aumento do volume de águas no Rio Mundaú possa resvalar na Lagoa Mundaú”, observou Henrique Mendonça.








alagoas.al.gov.br


Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »