17/02/2022 às 09h34min - Atualizada em 17/02/2022 às 09h34min

PELA PRIMEIRA VEZ, PENITENCIÁRIA DE SEGURANÇA MÁXIMA DE AL OFERECE EDUCAÇÃO FORMAL AOS CUSTODIADOS

 

Pela primeira vez, desde sua inauguração, a Penitenciária de Segurança Máxima (PENSM) iniciou a oferta acadêmica de educação formal aos custodiados. Com a nova turma, a Secretaria da Ressocialização e Inclusão Social (Seris) soma 35 salas de aula e 567 alunos no primeiro e segundo segmentos da Educação de Jovens e Adultos (EJA).

“Conseguir ofertar uma turma na Penitenciária de Segurança Máxima é um marco histórico, pois, por se tratar da porta de entrada, a unidade possui especificidades”, disse a gerente de Educação, Produção e Laborterapia, policial penal Cinthya Moreno, ao destacar o perfil da unidade prisional.

“Atualmente possuímos mais de 500 alunos, sendo 327 em presídios de Maceió e 240 no Presídio do Agreste. Isso é resultado de um esforço contínuo da SERIS e dos profissionais de educação, que se empenham em possibilitar o acesso aos estudos a essa população”, completou a gestora.

A nova turma é composta por 13 alunos e contempla o primeiro segmento do EJA, a antiga alfabetização.

Sobre a procura, a supervisora de Educação da SERIS, policial penal Izabele Batista explica. “Percebemos que não há evasão escolar. Com as aulas, eles se sentem mais úteis, sentem que estão aprendendo, evoluindo socialmente”, destaca a professora, referindo-se aos internos.

“Por isso que a SERIS tem investido tanto na educação: porque eles têm consciência do quanto a educação tem consequências positivas”, conclui, acerca do resultado.

















alagoas.al.gov.br


Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »