20/03/2019 às 10h09min - Atualizada em 20/03/2019 às 10h09min

Ato covarde? repórter denuncia perseguição do prefeito de Marechal

- By redação
Edimo Conceição do Riacho Velho é solidário ao trabalho feito pelo repórter Núbio Araújo

 

O repórter deodorense Núbio Araújo,  que  denunciou vários abusos do gestor municipal em sua página "Marechal Merece Mais", se diz perseguido, e pede apoio da imprensa para que o Ministério Público conheça o caso e adote providências.

Diante do ocorrido, o repórter, em resposta à perseguição  a ele feita  por parte do prefeito de Marechal Deodoro, Núbio, conclamou a Imprensa, onde relata  que  é um dever ético daqueles que militam com o jornalismo,  denunciar e cobrar transparência, dando oportunidade à população, de conhecer o que ocorre no uso dos recursos públicos em qualquer município. Perseguir a imprensa  por perseguir – promove e alimenta a censura - e fere o direito da liberdade de expressão e de imprensa, assegurados  na Constituição Federal.

Liberdade de Imprensa  é a capacidade de um indivíduo de publicar e dispor de acesso a informação (usualmente na forma de notícia), através de meios de comunicação em massa, sem interferência do estado. Embora a liberdade de imprensa seja a ausência da influência estatal, ela pode ser garantida pelo governo através da legislação. Ao processo de repressão da liberdade de imprensa e expressão chamamos censura.

A liberdade de imprensa é tida como positiva porque incentiva a difusão de múltiplos pontos de vista, incentivando o debate e por aumentar o acesso à informação e promover a troca de ideias de forma a reduzir e prevenir tensões e conflitos. Contudo, é vista como um inconveniente em sistemas políticos ditatoriais, quando normalmente reprime-se a liberdade de imprensa, e também em um regime democrático, quando a censura não necessariamente se torna inexistente.

Em tempo: Perseguir a imprensa por que denuncia, é no mínimo um ato covarde?

 


Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »

Na sua opinião, o prefeito Cacau Filho, até o momento está sendo:

24.0%
5.1%
1.3%
9.0%
59.9%
0.6%