20/02/2021 às 15h01min - Atualizada em 20/02/2021 às 15h01min

Em depoimento, suspeito de matar garota de programa diz que vítima se apossou do celular dele

Crime aconteceu na noite dessa sexta-feira (19), no bairro de Cruz das Almas, em Maceió

Por Redação/Já é Notícia
Garota de programa assassinada em Maceió - Foto: Reprodução
O suspeito de matar uma garota de programa asfixiada disse, em depoimento, que a vítima teria se apossado do celular dele como garantia do pagamento do programa, e, logo após, os dois entraram em uma luta corporal. O crime aconteceu na noite dessa sexta-feira (19), no bairro de Cruz das Almas, em Maceió.

De acordo com um dos agentes do Ronda do Bairro, que esteve na ocorrência, o suspeito alegou ter tido relações sexuais com a mulher e ela teria se apossado de seu celular como garantia do pagamento do programa. Os dois, logo em seguida, entraram em luta corporal. A vítima, -que é trans, foi morta após um golpe de enforcamento conhecido como “mata-leão”.

Ao tentar fugir do local, o suspeito foi ao quarto da amiga da vítima, momento em que ela conseguiu colocá-lo para fora e pediu ajuda. O acusado foi preso em flagrante.

Os agentes do Ronda do Bairro tentaram reanimar a vítima, mas não obtiveram êxito. Logo após, acionaram o Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (SAMU) que constatou o óbito da mulher trans no local. Os institutos de Criminalística (IC) e Médico Legal (IML) foram acionados para realizar a perícia e recolher o corpo, respectivamente.

O celular do suspeito foi apreendido e a guarnição conduziu o acusado e a testemunha à Delegacia de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP), em Chã de Bebedouro, para realização de um Boletim de Ocorrência (BO).
Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »

Na sua opinião, o prefeito Cacau Filho, até o momento está sendo:

24.1%
5.1%
1.3%
9.0%
59.8%
0.6%