14/04/2020 às 12h36min - Atualizada em 14/04/2020 às 12h36min

Preço do cuscuz chega a variar em 123% em Maceió; veja pesquisa do Procon para itens essenciais

internet

O Procon Maceió segue realizando pesquisas de preço nos estabelecimentos da Capital para verificar os valores praticados para os  itens essenciais, como produtos de limpeza, higiene pessoal e gêneros alimentícios.

 

Durante a pesquisa, em produtos, a exemplo de flocos de milho, foi verificada uma variação de até 123,6%. Para frutas como laranja, a variação nos valores comparados chegou a 122,7%. Para produtos de limpeza, a água sanitária apresentou diferença de 69,6%.

De acordo com a diretora-executiva do Procon Maceió, Lilyan Valões, o objetivo é assegurar que os maceioenses terão acesso a valores justos durante o período de isolamento social. “A finalidade da pesquisa é auxiliar o consumidor neste período de crise a adquirir produtos com preços justos, praticando, dessa forma, o consumo consciente”, destacou. “Além disso, os valores estão disponíveis para que o consumidor consulte, compare e faça a melhor escolha na hora da compra”, completou a gestora.

Ao todo, entre os dias 07 e 09 de abril, foram visitados sete estabelecimentos nos bairros Cruz das Almas, Mangabeiras, Ponta Verde, Jacintinho, Trapiche e Farol.

Confira a lista completa aqui.

 

Fale com o Procon Maceió

Com o Decreto 8.846, que institui a Situação de Emergência em Saúde Pública na capital e determina medidas temporárias de combate e prevenção à pandemia do novo coronavírus (Covid-19), incluindo o teletrabalho, o Procon Maceió reforça que não é preciso sair de casa para tirar dúvidas ou registrar denúncias.

Os consumidores maceioenses têm à disposição os telefones 0800 082 4567 ou 98882-8326, bem como o e-mail  atendimentoproconmaceio@gmail.com.




fonte/tnh1.com.br


Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »

Na sua opinião, o prefeito Cacau Filho, até o momento está sendo:

24.0%
5.1%
1.3%
9.0%
59.9%
0.6%