12/04/2020 às 13h29min - Atualizada em 12/04/2020 às 13h29min

Samara Felippo sobre 'Malhação': "Foi muito importante falar de HIV"

Atriz, que atualmente está com 41 anos e é mãe de duas meninas, relembra papel que marcou sua carreira e até hoje lhe traz um retorno do público

internet

amara Felippo marcou uma geração com a história de sua personagem Érica em Malhação, da qual se despediu em 2000. A atriz, que atualmente tem 41 anos e é mãe de Alicia, de 10 anos, e de Lara, de 6 anos, relembrou em entrevista para Quem a personagem soropositiva e levou para o público adolescente as questões relacionadas à Aids. 

"Foi muito importante falar de HIV em 2000 para os adolescentes à tarde. Eu era muito imatura ainda e estava entendendo a vida. Hoje, quando olho para trás, vejo o quanto foi relevante essa temporada, não só por abordar o HIV, mas outras questões que até hoje são discutidas como relações interraciais, gravidez na adolescência, inclusão de pessoas com deficiência física", conta.

 

A atriz se lembra do retorno que teve do público na época, que ainda é sentido vinte anos depois da primeira transmissão da trama. "Muitas pessoas me procuraram. Existia um blog na época que a gente conversava sobre o assunto. Cheguei até a fazer um Altas Horas com o Serginho (Groisman) sobre a personagem. Uma menina portadora do HIV, a Rosa, de quem eu me lembro até hoje, foi comigo. Foi um debate muito lindo.  Na época fiz campanhas pelo Brasil, apoiando ONGs que cuidavam de crianças soropositivas. Foi uma época incrível", relembra.

"A Érica ainda me dá um feedback imenso. Até hoje na rua as pessoas que não lembram o meu nome me chamam de ?menina da Malhação? ou Érica mesmo. Toda vez que tem uma postagem de Malhação, o engajamento é enorme. Foi uma época que passou da academia para a escola. Foi um boom. Tem toda uma geração que tem muito carinho por esses personagens da primeira temporada de Malhação Múltipla Escolha. Até hoje me emociono ao lembrar da Érica."

Para celebrar sua personagem, Samara pretende fazer uma live e resgatar fotos e vídeos pessoais da época. Ela conta que andava com uma câmera e que costumava gravar os bastidores das gravações com Priscila Fantin, Mário Frias, Daniel de Oliveira, Giovanna Antonelli e outros atores. 

"Estou até planejando fazer uma grande brincadeira em uma live com a galera que eu tenho mais contato para bater um papo sobre essa época. Estou pegando no meu baú fotos maravilhosas da Giovanna Antonelli, da Priscila Fantim, Roger Gobeth, Daniel de Oliveira, Nuno Leal de Maia? Tenho muitos vídeos dessa época porque eu carregava uma câmera para a gravação para ficar gravando a gente, um bando de adolescente sem noção. Foi uma época muito gostosa."






fonte/gazetaweb.com.br


Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »

Na sua opinião, o prefeito Cacau Filho, até o momento está sendo:

24.0%
5.1%
1.3%
9.0%
59.9%
0.6%