20/12/2019 às 13h57min - Atualizada em 20/12/2019 às 13h57min

Ele mudou o jogo

Diego, do Flamengo, conta como foi de contestado a peça-chave, na reserva, do finalista do Mundial de Clubes

UOL

"Aquece, Diego".

Quando o técnico Jorge Jesus se vira para o seu meia no banco de reservas, a situação em campo não deve estar muito fácil para o Flamengo. Foi assim contra o River Plate na final da Copa Libertadores. Foi assim contra o Al-Hilal (SAU) na semifinal do Mundial de Clubes da Fifa.

Nas duas partidas, o Rubro-negro se via em situação desconfortável até que o dono da mítica camisa 10 da Gávea entrou em campo. Com passes decisivos, o meia mudou a história e reinventou seu próprio papel dentro de um elenco estelar.

Diego foi o reforço mais festejado em um dos primeiros "Aero Flas", mas carregou o peso das críticas e superou, em tempo recorde, uma gravíssima lesão no tornozelo. Em vez dos cinco meses parado, reduziu o tempo para pela metade e voltou na hora de saborear o filé mignon.

Gostem ou não, Diego se expõe. Nas derrotas ou nas vitórias, o atleta está sempre dando a cara à tapa. Foi assim quando perdeu pênalti contra o Athlético, pela semifinal da Copa do Brasil, foi assim quando deu o passe que resultou no bicampeonato da Libertadores.

"Alguns dizem que é 'media training', né? É 'vida training' que se chama isso. Sair de casa com 11 anos de idade, morar em alojamento, ficar longe dos pais, dos familiares, bater a cabeça, errar, se decepcionar, ser vaiado, se frustrar, levantar de novo, querer melhorar emocionalmente, ler e adquirir conhecimento. Essa é minha vida e esse é o legado que eu pretendo deixar. Eu não consigo imaginar viver de outra maneira que não seja correndo grandes riscos".

A poucos dias da partida mais importante do Fla nos últimos 38 anos, ele abriu o coração e declarou seu amor ao Flamengo. Afirmou que o time tem tudo para equilibrar a partida contra o Liverpool e, se começar no banco de reservas, agora exercendo nova função tática, não há nenhum jogador mais capacitado para mudar a decisão do que ele.


Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »

Na sua opinião, o prefeito Cacau Filho, até o momento está sendo:

24.0%
5.1%
1.3%
9.0%
59.9%
0.6%