19/12/2019 às 14h57min - Atualizada em 19/12/2019 às 14h57min

Vingança é uma das linhas de investigação para morte de ex-vereador, diz polícia

Antônio Soares Brandão, conhecido pelo apelido de Tonho Prefeitinho, de 54 anos, foi assassinado


O ex-vereador Antônio Soares Brandão, o Tonho, pode ter sido assassinado por vingança. O crime
ocorreu nessa terça-feira (17), em trecho de rodovia federal de Mata Grande, no Sertão de Alagoas. A Polícia Civil recebeu a informação que a vítima não tinha inimigos e não recebeu ameaça de morte.

 
O ex-vereador pelo município de Canapi, Antônio Soares Brandão, conhecido como Tonho Prefeitinho, de 54 anos, foi assassinado no momento em que pedalava pela rodovia BR-316, rotina que adotou há pouco tempo, segundo informação dos agentes da Polícia Civil que apuram o crime. 
 

O autor dos disparos - até agora não identificado - sabia que a vítima passaria pelo local e aguardava no matagal. Tonho foi atingido por vários tiros na cabeça por um homem que teria fugido em carro de cor preta e de modelo não informado. 

O assassinato está sendo investigado pelo delegado Thomaz Acioly, titular da delegacia de Mata Grande. Um amigo do ex-vereador - guarda municipal de Canapi e estava com a vítima no momento do crime - já foi ouvido pela equipe da PC. 


Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »