19/12/2019 às 14h00min - Atualizada em 19/12/2019 às 14h00min

Ex-governador da Paraíba é alvo de mandado de prisão

A operação responsável investiga um grupo acusado de desvios de recursos da área de saúde na Paraíba

Foto; divulgação PF
Ricardo Coutinho (PSB), ex-governador da Paraíba, é alvo de um mandato de prisão na manhã desta terça-feira (17). A ação faz parte da Operação Calvário - Juízo Final, da Polícia Federal (PF), que combate um grupo criminoso investigado por desviar recursos públicos destinados aos serviços de saúde na Paraíba. Os investigados fraudavam procedimentos licitatórios, concurso público, superfaturamento em equipamentos, serviços e medicamentos.

Estão sendo apurados desvio de recursos públicos na ordem de R$ 134,2 milhões, dos quais mais de R$ 120 milhões teriam sido destinados a agentes políticos e às campanhas eleitorais de 2010, 2014 e 2018. Coutinho foi governador da Paraíba entre 2011 e 2018. Como não está no país, o nome do ex-governador foi incluído na difusão vermelha da Interpol (organização internacional de polícia criminal).

A operação faz parte de um trabalho conjunto entre policiais federais, procuradores da República e auditores da Controladoria Geral da União (CGU), que cumprem 54 mandados de busca e apreensão e 17 de prisão preventiva, nos estados da Paraíba, do Rio Grande do Norte, Rio de Janeiro, de Goiânia e do Paraná. Os investigados irão responder, por organização criminosa, corrupção ativa, corrupção passiva e fraude em licitação. 

A operação foi desencadeada em dezembro de 2018, com o objetivo de desarticular uma organização criminosa infiltrada na Cruz Vermelha Brasileira. Na investigação foram identificados acessos de mais de R$ 1,1 bilhão em recursos públicos destinados para a saúde em várias unidades da federação. Contratos com sobrepreço na gestão dos hospitais Geral de Maranguape e Metropolitano Dom José Maria Pires, na Paraíba foram encontrados na apuração. 

Outros alvos dos mandatos de prisão preventiva são:

Estelizabel Bezerra de Souza (deputada estadual - PSB)

Márcia de Figueiredo Lucena Lira (prefeita do Conde - PSB)

Waldson Dias de Souza (ex-secretário de Saúde e de Planejamento, Orçamento e Gestão)

Gilberto Carneiro da Gama (ex-procurador geral do Estado)

Cláudia Luciana de Sousa Mascena Veras (ex-secretária de Saúde e secretária executiva de Articulação Municipal)

Coriolano Coutinho (irmão de Ricardo Coutinho)

Bruno Miguel Teixeira de Avelar Pereira Caldas

José Arthur Viana Teixeira

Breno Dornelles Pahim Neto

Francisco das Chagas Ferreira

Denise Krummenauer Pahim

David Clemente Monteiro Correia

Márcio Nogueira Vignoli

Valdemar Ábila

Vladimir dos Santos Neiva

Hilario Ananias Queiroz Nogueira
Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »