17/12/2019 às 10h43min - Atualizada em 17/12/2019 às 10h43min

Clube europeu tentará desconvocação e Brasil pode ficar sem nome importante no Pré-Olímpico

Real Betis anunciou na tarde da última segunda-feira que não pretende liberar o lateral-direito Emerson para a competição que acontece entre 18 de janeiro e 9 de fevereiro, na Colômbia

Nem bem a CBF anunciou os 23 convocados para a disputa do pré-olímpico de futebol, de 18 de janeiro a 9 de fevereiro na Colômbia, um primeiro clube já avisou que fará de tudo para que um jogador seu não esteja na competição: o Betis anunciou nesta segunda-feira que não pretende liberar o lateral-direito Emerson. 
 
Emerson, ex-jogador do Atlético-MG, é o único atleta a atuar por um clube espanhol a ter sido chamado pelo técnico André Jardine para buscar uma vaga nos Jogos Olímpicos de Tóquio. Outros oito atletas de equipes europeias foram chamados.

O clube da Andaluzia argumenta que o pré-olímpico não está incluído no calendário de datas Fifa, nas quais há a obrigação de permitir que os jogadores defendam as suas seleções. Caso consiga a liberação, o lateral pode desfalcar o técnico Rubi em até sete partidas.

 O brasileiro de 20 anos chegou ao Betis em janeiro, em uma operação conjunta com o Barcelona. Disputou sete jogos na temporada passada, mas nesta se estabeleceu como titular e atuou em 14 dos 17 compromissos do Betis, com dois gols marcados.

 

Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »