30/07/2017 às 14h14min - Atualizada em 30/07/2017 às 14h14min

MURICARLITON denuncia prefeito CACAU FILHO

Morador cobrou providência da prefeitura, através do SAAE e convocou população a protestar no dia 01 de agosto.

- DA REDAÇÃO
REPÓRTER MIRIM

 
A população de Marechal Deodoro, sobretudo os moradores que residem nos bairros periféricos denunciam constantemente a falta de saneamento básico e tratamento de esgotos, no meio das ruas, esgoto a céu aberto, exalando mau cheiro, prejudicando a saúde das pessoas, além de favorecer a proliferação de insetos e ratos. Quando chove a situação fica insuportável.
Nesse sentido, a população tem usado todos os meios para denunciar: rádios, blogs e também as redes sociais, como fez recentemente o líder comunitário MURI, que concedeu uma entrevista exclusiva ao repórter mirim, relatando a vergonha e desastrosa administração do prefeito Cacau Filho, que não anima os moradores da região, segundo Muri, ele votou em Cacau e se arrependeu, se eu e minha casa tivéssemos votado em Júnior Dâmaso, creio, eu, a situação já tinha sido amenizada, me arrependo amargamente.
A situação ocorre durante todo o dia, independente de incidência de chuvas.
Em uma das imagens dar para ver uma galeria transbordando. A localidade, que já não conta com rede de esgoto, sofre com problemas de drenagem.
O SAAE funciona precariamente, arrecada milhões, não presta o serviço, mas pretender arrecadar mais. Pouca vergonha, estamos sendo enganados pelas promessas de campanha.
Convoco os deodorenses para protestarem no dia 01 de agosto, na câmara de vereadores, às 9h, para combater a sangria financeira que o prefeito pretende implantar nos bolsos da população.
O prefeito no próximo ano deverá pedir votos para o seu sogro Sérgio Toledo, a resposta será dada nas urnas será o maior vexame de todos os tempos aqui em Marechal, serão poucos votos, isso tenho certeza, retrucou o morador.
Não existe investimento, não existe estudos técnicos, o que existe é uma turma querendo arrecadar mais, apenas isso, gastaram muito na campanha, e precisam de dotação orçamentária ainda maior, o governo federal liberou quase 4(quatro) milhões, para investimento sanitário. Cadê o dinheiro?
A falta de investimento, causa transtornos irreparáveis para comunidade, doenças como:
Febre Tifóide 
Doença infecciosa que causa febre contínua, mal-estar, manchas rosadas no tronco, tosse seca, prisão de ventre e comprometimento dos tecidos linfóides.
Febre Paratifóide
É semelhante à Febre Tifóide, mas menos letal. É causada por infecção bacteriana, com apresentação de febre contínua, eventual aparecimento de manchas róseas no tronco e diarréia.
Shigeloses
Infecção bacteriana aguda no intestino grosso. Apresenta febre, náuseas e, às vezes, vômitos, cólicas e tenesmo (sensação dolorosa na bexiga ou na região anal). Em casos graves, as fezes apresentam sangue, muco e pus.
Cólera
Doença intestinal bacteriana aguda, com diarreia aquosa abundante, vômitos ocasionais, rápida desidratação, acidose, câimbras musculares e colapso respiratório, podendo levar o paciente a morte em um período de 4 à 48 horas, se não houver tratamento.  
Hepatite A
Febre, mal-estar geral, falta de apetite, náuseas e dores abdominais seguidas de icterícia. A convalescença é prolongada e a gravidade aumenta com a idade, porém há recuperação total sem sequelas.
Amebíase
Infecção causada por um protozoário parasita que atinge os intestinos. As enfermidades variam desde uma disenteria aguda e fulminante, com febre e calafrios e diarreia sanguinolenta ou mucóide (disenteria amebiana), até um mal-estar abdominal leve e diarreia com sangue e muco alternando com períodos de estremecimento ou remissão.
Giardíase
Diarreia crônica com cheiro forte, fraqueza e cólicas abdominais, graças às toxinas que libera. Gera um quadro de deficiência vitamínica e mineral e, em crianças, pode causar a morte, se não houver tratamento.
Leptospirose
Ocorre com mais frequência em épocas de chuva ou alagamento, pode apresentar uma simples gripe e até complicações hepáticas e renais graves.
O prefeito Cacau Filho, não tem conhecimento de que investir em saneamento básico é investir em saúde. A cada R$ 1,00 gasto com tratamento de esgoto, são economizados R$ 4,00 em saúde pública. O esgoto encanado é tão importante para melhorar o IDH (Índice de Desenvolvimento Humano), que um dos Objetivos de Desenvolvimento do Milênio (uma série de metas socioeconômicas que os países da ONU se comprometeram a atingir até 2015) é reduzir pela metade o número de pessoas sem rede de esgoto.
Isso porque a ausência de tratamento de esgoto traz doenças que afetam pessoas de todas as idades, mas as crianças são as mais prejudicadas. Estas doenças são causadas principalmente por microrganismos patogênicos de origem entérica, animal ou humana, presentes em água contaminada. 
 

 
Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »

Na sua opinião, o prefeito Cacau Filho, até o momento está sendo:

24.0%
5.1%
1.3%
8.9%
60.1%
0.6%