14/11/2018 às 16h37min - Atualizada em 14/11/2018 às 16h37min

Em Marechal pouco a comemorar

Prefeito não respeita a tradição de inaugurações e avanços como em gestões anteriores

- By Redação
Festividade vem sendo investigada pela Comissão Cidadã da Força-Tarefa contra Corrupção

Amanhã comemoraremos a Proclamação da República do Brasil, são 128 anos, daquele 15 de novembro de 1889, tal acontecimento, foi liderado por Manoel Deodoro da Fonseca (Marechal Deodoro).

 

O Brasil enfrentava uma crise econômica que agravou-se em função das elevadas despesas financeiras geradas pela Guerra da Tríplice Aliança, cobertas por capitais externos. Os empréstimos brasileiros elevaram-se de três milhões de libras esterlinas em 1871 para quase 20 milhões em 1889, o que causou uma inflação da ordem de 1,75% ao ano, no plano interno.

 

 

MUNICÍPIO DE MARECHAL DEODORO

 

 

Em Marechal Deodoro o atual gestor vem fazendo uma administração fraca, inexpressiva, sem muitos avanços, apelidada carinhosamente pela população como “ A GESTÃO DA MAQUIAGEM”, fruto de um desastre administrativo que ao que tudo indica não avançará durante os próximos dois últimos anos de mandato.

 

 

ELEIÇÕES 2018

 

Em 2018 o atual gestor conseguiu com a colaboração do exército de comissionados uma ótima votação para o seu sogro, eleito deputado federal, mas a conta política ficou muito alta, e já começaram a cobrança das promessas de campanha. O desgaste é inevitável.

 

FESTIVIDADES EM 2019

 

Em 2019 não inventem em gastar rios de dinheiro público, pois será ano pré-eleitoral. Com certeza os Órgãos de fiscalização e controle combaterão o desperdício de dinheiro público.

 

ELEIÇÕES 2020

 

Corre à boca miúda, um burburinho, de que será uma das eleições mais disputadas de Alagoas, resta saber para quem vai pender o fiel da balança – o tal dos “OITO VOTOS”.

 

COMBATE À CORRUPÇÃO

 

O Movimento de Combate à Corrupção e a Improbidade Administrativa promete um 2019 de muito trabalho, ladeado por intensa campanha de valorização da moralidade pública.

 

PÓS-ELEITORAL

 

Uma investigação corre em “SEGREDO” sobre um evento realizado no pós-eleitoral, indícios de supostas irregularidades, do tipo: quem bancou a festa, e os caminhos que levaram um cantor no auge do sucesso a animar a festa – pois bem – sabe-se que a estrutura de palco, som, banheiros químicos, dentre outros, já vem sendo investigada. Muita coisa vai rolar.






 


Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »

Na sua opinião, o prefeito Cacau Filho, até o momento está sendo:

24.1%
5.1%
1.3%
9.0%
59.8%
0.6%