13/06/2022 às 10h47min - Atualizada em 13/06/2022 às 10h47min

Promotor de Justiça é detido por embriaguez ao volante após supostamente dar calote em bar, em Marechal

Um promotor de Justiça do Ministério Público do Estado do Paraná foi detido na AL-101 Sul, em Marechal Deodoro, por embriaguez ao volante após suspostamente dar calote em um bar que fica localizado na Praia do Francês, nesse domingo (12).

De acordo com informações apuradas e confirmadas pelo repórter Hélio Góes, da Rádio Pajuçara FM, a denúncia feita pelo dono do bar levou policiais militares até a região. Eles foram informados de que o promotor havia ingerido bebida alcoolica e consumido comidas no estabelecimento, porém teria saído sem pagar a conta. A PM realizou buscas e encontrou o homem de 48 anos, próximo ao trevo do Polo Industrial da cidade. 
 

O promotor aparentemente embriagado disse que havia quitado a conta e que estava indo buscar a esposa no Aeroporto Zumbi dos Palmares, em Rio Largo, para passar o restante do Dia dos Namorados juntos. O proprietário do bar afirmou que o pagamento não foi feito e ainda aguarda o dinheiro.

O Batalhão de Polícia Rodoviária (BPRv) confirmou a abordagem e afirmou que o promotor foi encontrado fora do veículo, um Renault Logan, às margens da rodovia, gesticulando bastante e apresentando sinais claros de embriaguez. 
 

O BPRV também disse que, após se negar a realizar o exame de alcoolemia, o motorista foi instruído sobre o procedimento de trânsito adotado e levado para a delegacia no interior da viatura. Ele não foi algemado.

O promotor foi conduzido até a Central de Flagrantes, onde foi ouvido pela Polícia Civil, e em seguida foi liberado após pagamento de fiança de valor não divulgado.



























tnh1.com

 

Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »