09/06/2022 às 08h30min - Atualizada em 09/06/2022 às 08h30min

3º Batalhão de Polícia Militar de Arapiraca celebra 35 anos do Pelopes

Unidade da PM prestou homenagem a militares que fizeram parte do pelotão especializado

O 3° Batalhão de Polícia Militar (BPM), em Arapiraca, realizou, nesta quarta-feira (8), uma solenidade de homenagens alusiva aos 35 anos de implantação do Pelotão de Operações Policiais Especiais (Pelopes) da unidade. O evento aconteceu no Sesc, no bairro Santa Edwiges, em Arapiraca, no Agreste de Alagoas, e contou com a presença do comandante-geral da Polícia Militar, coronel Paulo Amorim.

 

Estiveram presentes no evento, além do anfitrião, tenente-coronel Luciano Felizardo, comandante do 3° Batalhão de Polícia Militar (BPM), o comandante de Policiamento do Interior (CPI), coronel Wilson da Silva; o comandante de Policiamento da Capital (CPC), coronel Walter Do Valle e o comandante do Comando de Policiamento de Área do Interior II (CPAI-II), coronel Pedro Moura.

 

A solenidade contou com a entrega de certificados de agradecimento aos militares da Reserva Remunerada (R/R) que fizeram parte do pelotão na época de sua implantação. Também foram homenageados outros militares veteranos que contribuíram com o 3° BPM, quando era comandando pelo agora comandante-geral da Corporação.

 

O coronel Paulo Amorim destacou a importância do pelotão e da unidade para todo o Agreste de Alagoas. “Tive a satisfação de comandar nosso brioso e querido 3° Batalhão, o Guardião do Agreste, um batalhão de tantas histórias e tantos legados. Batalhão que ao longo dos anos vem protegendo a sociedade dessa área de nosso estado. Parabéns especial e nosso agradecimento a todos que fazem o Pelopes! Parabéns pelos 35 anos de operacionalidade, realizando ações preventivas e repressivas contra o crime organizado, protegendo o bom e querido povo do Agreste alagoano”, destacou o comandante-geral da PMAL.

 

 Em seu discurso, além de destacar a importância do pelotão aniversariante, o tenente-coronel Luciano Felizardo relembrou a ligação pessoal que tem com o Pelopes da unidade que hoje comanda.

 

 

 

“Cheguei ao 3° BPM em 1999 como aspirante e uma das primeiras funções que recebi foi comandar o Pelopes. Por isso, considero grandioso, para mim, poder fazer parte dos 35 anos de sua história. Hoje, como comandante do batalhão, agradeço a quem fez esta história acontecer, a cada componente e comandantes de pelotão e do batalhão, pois cada um contribuiu para que a história, que agora celebramos, fosse escrita. Um pelotão ainda muito jovem e com muito a oferecer à população agrestina”, destacou o comandante da principal unidade militar do Agreste de Alagoas.

 

O evento contou ainda com a exibição de um breve documentário contando a história do Pelopes do 3° BPM. Um momento de muita emoção ocorreu quando o comandante-geral e o comandante do 3° BPM homenagearam a memória do cabo Silva, falecido em combate durante uma ocorrência de assalto em fevereiro de 2002.

 

 

Familiares do policial estiveram presentes ao evento e receberam a homenagem. Também foi prestado um minuto de silêncio aos militares que fizeram parte da história do pelotão e morreram no decorrer dos anos.














alagoas.al.gov.br


Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »