01/06/2022 às 11h34min - Atualizada em 01/06/2022 às 11h34min

Precisamos ouvir todas as partes para tomar a melhor decisão” diz vereador João Catunda, após repensar sobre a situação de pessoas que dependem dos eventos

Após utilizar suas redes sociais para fazer um apelo ao prefeito de Maceió, pela suspensão do São João, o vereador João Catunda se posicionou novamente, mas dessa vez, durante a sessão ordinária desta terça-feira, 31, e disse que após ser procurado por pessoas envolvidas direta e indiretamente com eventos, a suspensão poderia ser prejudicial aos trabalhadores ligados ao Ciclo – cantores, músicos, quadrilhas, montagem e comércio informal, por exemplo. Mas que seria necessário ouvir todas as partes para tomar a melhor decisão.

“Vivemos em um momento muito delicado hoje, para que a gente cancele, mas também muito delicado para que a gente gaste o que vai ser gasto hoje no município de Maceió com as festividades juninas. Precisamos achar um meio termo, que consiga atender os dois lados. Que a gente possa dar assistência as pessoas que estão desabrigadas, que estão passando por muitas dificuldades e que a gente também busque valorizar mais o artista local ao invés de trazer grandes atrações nacionais”, afirma João.

 

Ainda segundo o vereador, se faz necessário uma audiência pública para discutir a situação do São João e das prioridades dos investimentos em momentos de emergência como esse que Maceió está passando. “Peço que todos os vereadores se coloquem a disposição para que a gente possa votar e em breve discutir aqui nessa casa a questão dos ambulantes, do pessoal que trabalha com eventos, e que a gente possa entrar em um consenso e achar um meio termo para que o problema de todo mundo seja solucionado”, finalizou.

Depois da indicação do vereador João Catunda, foi aprovada por unanimidade, a realização da audiência pública, a ser realizada na próxima sexta-feira, 03/06, às 9h da manhã.
















namiradanoticia.com.br


Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »