27/05/2022 às 07h42min - Atualizada em 27/05/2022 às 07h42min

Prefeito JHC confere funcionamento de abrigo para acolher famílias desabrigadas

Local conta com 120 leitos disponíveis para abrigar com dignidade os maceioenses que residiam em áreas de risco

O prefeito de Maceió, JHC, conferiu nesta quinta-feira (26), o funcionamento do abrigo disponibilizado pela Prefeitura de Maceió para acolher, de forma digna, as pessoas afetadas com as fortes chuvas. As famílias foram encaminhadas pela Defesa Civil para receber o atendimento da Assistência Social.

“Maceió se preparou para esse momento de fortes chuvas. Foram meses para colocar toda essa estrutura de pé, para atender essa população com dignidade e respeito, sobretudo em um momento tão difícil. E isso só se faz com planejamento para ser o mais assertivo possível e dar o melhor para nossa população. Aqui tem vidas e precisamos estar próximos dessas pessoas”, expôs o prefeito.

A unidade conta com 120 vagas e fica na Rua Desembargador Paulo da Rocha Mendes, no Jaraguá, em frente à Praça Rayol. A unidade funciona 24h por dia e já recebeu mais de 50 pessoas desde a quarta-feira (25). Também estiveram presentes no encontro o vice-prefeito Ronaldo Lessa, o senador Rodrigo Cunha e a senadora Eudócia Caldas.

O Município adquiriu beliches, colchões, geladeiras e freezers, além de fogão, forno e bebedouros para dar todo suporte para as famílias. Além disso, artigos de cama, mesa e banho, todo o enxoval também é novo para fornecer todo o conforto para maceioenses acometidos por possíveis deslizamentos na capital.

Maria José da Silva, é uma das desabrigadas que está no local. Ela contou que a barreira afetou sua casa, em Riacho Doce e por isso foi necessária a ida dela para o abrigo. “Cheguei aqui na madrugada de ontem [quarta, 25], estou com toda minha família. Aqui tem 10 pessoas da minha família, e o atendimento está ótimo. O abrigo é bom e nos trata muito bem, estamos recebendo alimentação e temos local para dormir.

O secretário de Assistência Social, Carlos Jorge, falou dos atendimentos ofertados no abrigo.

“Aqui oferecemos todo o atendimento psicossocial, refeições e trabalhos de cidadania. A família sai daqui totalmente protegida, orientada. Toda estrutura de dormitório, espaço climatizado, estamos dando todo apoio necessário. Reforçamos que se a pessoa estiver em situação de risco, venha para o abrigamento.

Para ter acesso ao abrigo, as famílias afetadas precisam entrar em contato com a Defesa Civil de Maceió por meio do 199. Após o contato, a Defesa Civil Municipal fará o registro da ocorrência e a equipe da Diretoria Operacional irá até a residência das pessoas para verificar a situação e encaminhá-las à unidade de acolhimento.





















secommaceio


Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »