26/05/2022 às 09h17min - Atualizada em 26/05/2022 às 09h17min

Corpo de Bombeiros registra 11 ocorrências e mais de 100 pessoas retiradas de área de risco por causa das chuvas

Municípios mais críticos são Palmeira dos Índios, Murici, Penedo e Feliz Deserto

O Corpo de Bombeiros Militar de Alagoas registrou 11 ocorrências, das 18 horas da quarta-feira (25) até as 7h30 desta quinta-feira (26), por causa das intensas chuvas que atingem várias regiões do Estado. Foram registradas quatro ocorrências de inundação, com 13 vítimas socorridas e retirada de 102 famílias em três ocorrências em áreas de risco. Houve registro também de queda de árvores, resgate de animal e um afogamento.

As situações mais críticas são em Palmeira dos Índios, Murici, Penedo e Feliz Deserto.  Dois municípios estão em estado de alerta: Rio Largo e Paripueira.  No município de Feliz Deserto, um dos mais afetados pelas chuvas na região sul do estado, o Corpo de Bombeiros atendeu cerca de 100 vítimas das chuvas, a maioria moradoras de área de risco. Apesar das orientações da Defesa Civil, algumas famílias se recusaram a deixar suas casas.

Em São Miguel dos Campos, houve a remoção de quatro integrantes de uma família, cuja casa foi tomada pelas águas.  No município também foram resgatadas quatro pessoas que se encontravam ilhadas e outra que se encontrava no telhado de uma casa inundada.  Em Maceió, quatro pessoas, de uma mesma família, foram retiradas de um local alagado e estão sob o cuidado da Defesa Civil Municipal.

A Sala de Alerta instalada no Corpo de Bombeiros, instalada na quarta-feira (25), continua monitorando as ocorrências provocadas pelas chuvas intensas. Todo o sistema de Corpo de Bombeiros está em estado de alerta, com 134 militares e 34 viaturas em regime de prontidão e foi feito um plano de chamada para suspensão das folgas de todo o contingente.













alagoas.al.gov.br

 


Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »