24/05/2022 às 08h09min - Atualizada em 24/05/2022 às 08h09min

Randolfe pede que TCU e PGR investiguem compra de caminhões de lixo pelo governo

Senador pediu a abertura de investigações sobre a compra dos veículos com indícios de superfaturamento pelo governo de Jair Bolsonaro

Randolfe Rodrigues
O senador Randolfe Rodrigues (Rede-AP) protocolou nesta segunda-feira (23) representações no Tribunal de Contas da União (TCU) e na Procuradoria-Geral da República (PGR) solicitando abertura de investigações sobre a compra de caminhões de lixo com indícios de superfaturamento pelo governo de Jair Bolsonaro

Segundo reportagem do jornal O Estado de S. Paulo desse domingo (22), a compra e distribuição de caminhões para pequenas cidades saltaram de 85 para 488 veículos de 2019 para 2021. Até agora, o governo já destinou R$ 381 milhões para essa finalidade. A diferença dos preços de compra de modelos idênticos, em alguns casos, chegou a 30%. 

Nas representações protocoladas por Randolfe, o parlamentar pede apuração com a "finalidade de apurar a existência desses gastos ilegais e inconstitucionais", o que, para ele, são "mais um exemplo da corrupção instalada" no governo federal. "É falta de transparência e dano ao orçamento público", diz o senador.
"Há, assim, clara ilegalidade do objeto, na medida em que o gasto público se dissocia das normas legais atinentes às compras públicas", dizem as representações de Randolfe, que dizem ainda que "o valor previamente estimado da contratação deverá ser compatível com os valores praticados pelo mercado, considerados os preços constantes de bancos de dados públicos".





 

brasil247.com
 

 

Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »