18/05/2022 às 07h33min - Atualizada em 18/05/2022 às 07h33min

Com apoio do Governo de Alagoas, Arapiraca promove primeiro Festival de Cinema

Arapiraca  promoverá, pela primeira vez, seu Festival de Cinema. Com mais de 1.500 produções inscritas e uma semana de programação, o evento –  que acontecerá entre 23 e 29 de maio – pretende democratizar o acesso e os desafios da produção independente e desenvolver debates e reflexões a partir de oficinas, tudo de forma gratuita para a comunidade arapiraquense.

O Festival de Cinema de Arapiraca é uma realização da Prefeitura de Arapiraca, do Projeto Navi – Núcleo do Audiovisual de Arapiraca, por meio da AAMA – Associação dos Artistas de Massaranduba, e do Governo de Alagoas, através da Secretaria de Estado da Cultura (Secult), com produção da Arte Camaleão, em parceria com Filmes de Bananola.

A programação do Festival é composta por três mostras competitivas: Mostra Brasil, Mostra Nordeste e IV Mostra NAVI de Cinema de Formação. Na Mostra Navi de Cinema, foram selecionados dez filmes. Já a Mostra Nordeste conta com treze produções e vinte selecionados na Mostra Brasil de realizadores de audiovisuais de todo o país com programações diversas em formato híbrido. As premiações serão entregues pelas categorias: Melhor Filme, Melhor Direção, Melhor Interpretação, Melhor Fotografia, Melhor Som, Melhor Roteiro, Melhor Direção de Arte e Melhor Montagem. A exibição dos filmes será no Arapiraca Garden Shopping.

“Buscamos valorizar e integrar todas as artes em nosso município e a sétima arte. O cinema merece um grande destaque também por ter arapiraquenses tão competentes e reconhecidos nacionalmente com produções. Será incrível ver todos os filmes em nossa cidade”, disse o secretário de Cultura, Lazer e Juventude, Wellington Magalhães. “A realização do festival é importante por dois motivos. Primeiro que é uma oportunidade de criar conexões entre a produção local com outros centros de produção e com o mercado. E segundo que o festival faz parte de um processo de afirmação da cena local, evidenciar o cinema arapiraquense”, frisou um dos idealizadores e cineasta Wagno Godez.

Para a secretária de Estado da Cultura, Mellina Freitas, apoiar a produção cinematográfica de Alagoas é construir um segmento forte na difusão da sétima arte. “O audiovisual é um dos segmentos que mais crescem nos últimos anos e que possui grande relevância econômica, movimentando uma grande cadeia criativa”, destacou. Confira todas as informações sobre filmes e oficinas na página do evento: https://festivaldecinemadearapiraca.com/home/ ou pelas redes sociais Instagram @festivaldecinemadearapiraca e Facebook festivaldecinemadearapiraca.









ama-al


Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »