18/05/2022 às 07h23min - Atualizada em 18/05/2022 às 07h23min

Gerente da orla se reúne com empresários dos setores de hotéis e restaurantes

Encontro tratou das ações do Município para a região e das demandas dos empresários

A Gerência de Zeladoria da Orla Marítima de Maceió se reuniu nesta terça-feira (17) no Maceió Atlantic Suítes, na Jatiúca, com representantes do setor hoteleiro e de bares e restaurantes para discutir ideias e atendimento de demandas sobre melhorias destinadas à região.

O gerente da Orla, Afonso Gomes, apresentou os projetos existentes e as medidas já adotadas pela Prefeitura de Maceió, e ouviu as solicitações do presidente da Associação Brasileira da Indústria de Hotéis de Alagoas (ABIH-AL), André Santos, do presidente da Associação Brasileira de Bares e Restaurantes (Abrasel), Brandão Júnior, e de empresários presentes.

Uma das propostas da gerência municipal é criar espaços estruturados e iluminados para food trucks nos estacionamentos da orla, hoje subutilizados, e dar aos locais mais movimentação de pessoas e mais segurança.

Medidas já realizadas na orla foram explanadas no encontro. Foto: Assessoria

Medidas já realizadas na orla foram explanadas no encontro. Foto: Assessoria

Medidas já realizadas na orla foram explanadas no encontro. Foto: Assessoria

O tema foi um dos mais discutidos durante o encontro, que teve ainda a participação do secretário adjunto de Segurança Comunitária e Convívio Social, Alex Pereira. Ele antecipou que, por conta da derrubada da Lei Municipal que tratava dos food trucks pela Câmara de Vereadores, o Município prepara uma minuta de lei para regulamentar o segmento.

“Nosso texto irá atender a demanda dos food trucks, mas também vai promover o melhor ordenamento da cidade, e com isso buscar o equilíbrio no exercício dessa atividade, com melhor distribuição dos equipamentos nos espaços públicos, não sobrecarregando determinadas áreas e não prejudicando os restaurantes, as lanchonetes. Já começamos inclusive um trabalho de levantamento estatístico do setor”, informou.

Uma ideia explanada durante a reunião pelo presidente da Abrasel, Brandão Júnior, foi a de concentrar os veículos estacionados em um espaço apropriado para eles, como o estacionamento de Jaraguá.

“Como eles não podem ficar fixos nos espaços públicos e para não terem que voltar para suas residências, poderia ser usado esse espaço com a finalidade de estacionamento. No horário da noite, o estacionamento de Jaraguá fica vazio. Manteria o respeito às leis e ao mesmo tempo facilitaria a vida do profissional que comercializa nos food trucks”, destacou Brandão.

Outras medidas

Também foi anunciada no encontro, pelo gerente da Orla, uma ação educativa que deve ser lançada nos próximos dias pelo Município, com foco nos vendedores ambulantes, para que eles se responsabilizem pela limpeza do ambiente que utilizam no calçadão e não deixem restos de alimentos, sacos plásticos e outros resíduos.

Gomes destacou ainda que a Gerência já realizou o nivelamento de piso em diversos pontos da orla onde havia poças d'água e também retirou raízes de árvores. Em toda a região, está sendo realizada a colocação de sacos de areia, conhecidos como sandbags, para deixar a faixa de areia mais larga e impedir a destruição do piso da calçada pelo avanço do mar.

O presidente da ABIH-AL, André Santos, solicitou ainda a instalação de espaços criativos nas praias de Cruz das Almas, Jatiúca, Jacarecida e Avenida, esta que atualmente passa por revitalização por meio do projeto Renasce Salgadinho, e com isso alongar o trecho turístico de orla.

Ele também sugeriu a criação de um ponto turístico que aproveite a Balança de Peixe da Pajuçara, e um Centro de Informações Turísticas no prédio onde atualmente é o Corpo de Bombeiros, mas que ficará vazio.

Santos destacou a importância do diálogo com o Município. “A partir do momento em que o poder público trabalha junto ao setor privado, a gente consegue mais para o turismo. Chegamos onde estamos por conta dessa união. Temos mais de 40 anos de experiência na hotelaria, experiências positivas e negativas do passado, que podem ser somadas com as ideias do prefeito”, salientou.
























secommaceio


Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »