08/05/2022 às 11h47min - Atualizada em 08/05/2022 às 11h47min

Gabinete da Causa Animal incentiva adoção responsável de cães e gatos no município

Veterinários do GGI Causa Animal orientam a população sobre os cuidados que os pets

A adoção responsável diz respeito a todo cuidado que o tutor deve ter enquanto guardião de um animal, garantindo saúde, alimentação, segurança, bem-estar, abrigo e qualidade de vida. Portanto, antes de ter um animal em casa e virar seu tutor, esses tópicos precisam ser analisados. No cumprimento das suas funções, a equipe do Gabinete de Gestão Integrada de Políticas Públicas para Causa Animal (GGI-CA) sempre orienta os tutores e futuros tutores sobre essas responsabilidades.

A médica-veterinária do GGI Causa Animal, Larissa Rocha, traz orientações sobre os cuidados necessários para a manutenção da saúde e bem-estar dos pets.

“Cães e gatos chegam a viver por muitos anos, e, ao adotar ou comprar um pet, você assume a responsabilidade de cuidar e protegê-lo durante todo esse tempo. Eles não são descartáveis. É preciso pensar que este animal ficará na família até o final da vida dele. O abandono nunca deve ser uma opção e é crime”, explica Larissa Rocha.

A veterinária também pontua sobre a importância de conhecer a origem do animal, os tutores devem pesquisar sobre a espécie/raça e suas particularidades/necessidades, saber a idade do animal/temperamento, estes  também são pontos importantes.

Ao adotar um animal a veterinária também falou que é necessário estar atento ao período de adaptação do cão ou gato no novo ambiente, assim como, das pessoas que irão conviver com ele.

O espaço para o animal e  o tempo disponível do tutor precisa ser levado em consideração, para suprir as necessidades do animal (brincar, passear, dar carinho, alimentar, dar banho), pois a saúde e o bem-estar dos animais devem ser prioridade em todo processo.












secommaceio


Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »