06/05/2022 às 08h22min - Atualizada em 06/05/2022 às 08h22min

Prefeito JHC lança Cittamobi Acessibilidade para auxiliar no monitoramento do transporte coletivo

Ferramenta é voltada para deficientes visuais e permite consulta e conta com mais de 400 comandos de voz

 

Mais acessibilidade e tecnologia para os deficientes visuais da capital alagoana. O prefeito de Maceió, JHC, lançou nesta quinta-feira (5), o Cittamobi Acessibilidade. A ferramenta é voltada para deficientes visuais, conta com assistente de voz e recebe interações por áudio ou por tela. Na ocasião, o prefeito também fez a entrega de 150 coletes balísticos e 100 capas de chuva para os agentes da Superintendência Municipal de Transporte e Trânsito (SMTT).

O prefeito destacou que os investimentos feitos na SMTT fazem parte de um conjunto de ações de modernização para o órgão.

“Essa é uma ferramenta especial de acessibilidade e inclusão para pessoas com deficiência que vão poder através do aplicativo ter o itinerário, saber por onde ele deve caminhar, como chegar aos pontos de ônibus de forma simples, inclusiva. Isso é importante para que os usuários possam ter acesso a essas ferramentas. São investimentos que dão modernização e novos rumos para a SMTT”, destacou.

 
Ferramenta foi desenvolvida pelo engenheiro de software, Luiz Porto. Foto: Edvan Ferreira / Secom Maceió

Ferramenta foi desenvolvida pelo engenheiro de software, Luiz Porto. Foto: Edvan Ferreira / Secom Maceió

Ferramenta foi desenvolvida pelo engenheiro de software, Luiz Porto. Foto: Edvan Ferreira / Secom Maceió

Ao falar sobre a entrega dos coletes balísticos, o gestor afirmou que esse é um compromisso que está sendo cumprido com a categoria. “Estamos cumprindo com um compromisso com os agentes de trânsito, dando mais conforto e segurança. Esses agentes são guerreiros e estiveram à frente de todos os momentos e mais uma vez estamos investindo na SMTT”, concluiu JHC.

O Cittamobi Acessibilidade além de consultar os pontos de ônibus, horários e itinerários das linhas, também sugere melhores rotas de deslocamento, seja via ônibus ou caminhando. O superintendente da SMTT, André Costa, explicou que o aplicativo vai ser fundamental para os deficientes visuais de Maceió.

“Antes, o aplicativo só tinha o tempo de chegada do ônibus, agora tem o tempo de chegada, avisa a hora de embarcar, e diversas ferramentas. O aplicativo é fundamental e foi desenvolvido por um deficiente visual, já que ele mesmo vivencia as dificuldades. Esse aplicativo traz mais segurança e acessibilidade para essas pessoas”, disse o superintendente.

O aplicativo foi criado pelo engenheiro de software Luiz Porto, que explicou como surgiu a ideia da ferramenta.

“A ideia surgiu quando eu estava esperando um ônibus há 40 minutos e pensei como seria saber onde o ônibus estava se tivesse um GPS no ônibus. Maceió avança na acessibilidade e vai ser muito bom para as pessoas com deficiência, porque agora vão conhecer ainda mais a cidade com o aplicativo”, explicou ele.

O aplicativo também emite alertas sonoros sobre obstáculos existentes no percurso e reconhece mais de 400 comandos de voz.


Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »