18/06/2018 às 21h18min - Atualizada em 18/06/2018 às 21h18min

Acuado prefeito extingue 63 dos 83 cargos em comissão que ele próprio criou

Após pressão Política e jurídica Cacau Filho teve que reduzir 63 cargos comissionados

- By Redação
Existe um excesso de secretarias e cargos comissionados

 

Não foi dessa vez que Cláudio Roberto Ayres da Costa conseguiu reverter a situação - a bem da verdade - ele manda através da assessoria de imprensa - uma notícia para ser veiculada em sites bancados pela própria máquina pública - então - ele fez o inchaço da máquina pública - e depois que denunciamos tudo - ele quer sair de bom moço - gastando com publicidade  e propaganda - entenda como funciona essa tal de reforma administrativa:

 

JANEIRO E FEVEREIRO DE 2017

 

Em 09 de janeiro,13 de fevereiro, 01 de setembro de 2017 Cacau Filho encaminha a Câmara de Vereadores projetos de lei para criação de 83 cargos comissionados onerando a folha de pagamento em mais de 10(dez) milhões de reais.

 

Detalhe sórdido - os projetos foram encaminhados ao Poder Legislativo sem obedecerem a Lei de Responsabilidade Fiscal.

 

AGOSTO DE 2017

 

O site repórter mirim publica matéria noticiando a denúncia dos vereadores Marcelo Moringa, Del Cavalcante, Neo Costa e Nilda Leopoldino.

 

OUTUBRO DE 2017

 

Ministério Público Estadual emite recomendação de nº 05/2017, orientando que os projetos de leis deverão obedecer os critérios elencados na Lei de Responsabilidade Fiscal

 

NOVEMBRO DE 2017

 

Movimento de Combate à Corrupção Eleitoral , detona Ação Popular através do seu coordenador municipal Dêvis Klinger Menezes, requerendo o afastamento do prefeito Cacau Filho por suposto  ato de improbidade administrativa.

 

DEZEMBRO DE 2017

 

Ministério Público de Contas solicita informações a Prefeitura de Marechal Deodoro sobre a criação de 83 cargos comissionados.


 

JUNHO DE 2018

 

Prefeito de Marechal Deodoro Cacau Filho extingue 63 cargos dos 83 cargos em comissão que criou em 2017.


 

SITES DIVULGAM MATÉRIAS SOBRE REFORMA ADMINISTRATIVA

 

Vários sites que consomem gastos excessivos da prefeitura de Marechal Deodoro  com publicidade e propaganda divulgam uma reforma administrativa em que Cacau Filho economiza 7 milhões de reais - só que ele onerou a folha de pagamento em 10 milhões de reais.

 

A VERDADE NUA E CRUA

 

O próprio Cacau Filho é quem onerou a folha de pagamento em 10(dez) milhões de reais com a criação dos cargos comissionados no ano de 2017 - e só desmanchou após pressão dos órgãos de fiscalização, MCCE, CARAS PINTADAS e do Repórter Mirim - portanto - o prefeito quer posar de bom moço nessa "estória", mas ele é quem foi o autor desse desmantelo de cargos em comissão - mesmo assim só acabou com 63 dos 83 que criou.






 
Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »

Na sua opinião, o prefeito Cacau Filho, até o momento está sendo:

24.1%
5.1%
1.3%
9.0%
59.8%
0.6%