29/03/2022 às 09h47min - Atualizada em 29/03/2022 às 09h47min

Pastores do MEC venderam bíblias com foto de Milton Ribeiro

Os pastores Gilmar Santos e Arilton Moura, que controlam o gabinete paralelo do Ministério da Educação, distribuíram exemplares de uma edição da Bíblia com fotografias do ministro e também pastor Milton Ribeiro, responsável pelo MEC. O caso aconteceu em 3 de julho do ano passado, em um evento organizado pela pasta em Salinópolis (PA).

O prefeito de Salinópolis, Kaká Sena, do PL, também foi homenageado com sua imagem aparecendo no livro. Entre a contracapa e a folha de rosto, o anfitrião do evento surge em uma foto ao lado da esposa e da filha.

Vendidas a R$ 70 por cada exemplar, as bíblias foram feitas pela Igreja Ministério Cristo para Todos. Trata-se de um ramo da Assembleia de Deus, que tem uma gráfica em Goiânia.
MEC favoreceu prefeito após evento com pastores

 

Milton Ribeiro aprovou a construção de uma escola em Salinópolis logo após o evento. Ele e a prefeitura fecharam um contrato no valor de R$ 5,8 milhões. Tanto o ministro quanto o prefeito não se pronunciaram sobre a venda das Bíblias.

De acordo com Igor Tamasauskas, doutor em Direito do Estado pela USP, o caso pode caracterizar corrupção e improbidade. “Uma possível imposição de uma ‘doação’ na forma de confecção de Bíblias caracteriza ‘vantagem indevida’ para o desempenho de uma atividade pública, o que configura corrupção”, disse ele ao Estadão.

 









diariodocentrodomundo
 

Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »

Na sua opinião, o prefeito Cacau Filho, até o momento está sendo:

24.2%
5.0%
1.2%
8.7%
59.9%
0.9%