24/03/2022 às 08h26min - Atualizada em 24/03/2022 às 08h26min

DIPLOMA DE HONRA AO MÉRITO: UFAL, IFAL, UNEAL E UNCISAL HOMENAGEIAM RENAN FILHO

O reconhecimento foi pelos relevantes serviços prestados e pelos investimentos realizados na educação, ciência e tecnologia em Alagoas

As quatro instituições públicas de ensino superior de Alagoas renderam homenagens ao governador Renan Filho na noite dessa quarta-feira (23), durante solenidade realizada no Salão de Despachos do Palácio República dos Palmares, em Maceió. O chefe do Executivo recebeu o Diploma de Honra ao Mérito, assinado pelos reitores das quatros entidades (Ufal, Ifal, Uneal e Uncisal), em reconhecimento aos relevantes serviços prestados e investimentos realizados na educação, ciência e tecnologia em Alagoas.

“É para mim motivo de muita satisfação, ao longo desses anos à frente do Governo de Alagoas, ter colaborado com a educação, com a ciência, com a inovação. Eu agradeço a todas as comunidades escolares: alunos, professores e reitores, que aprovaram referências a mim. Vou continuar me dedicando porque eu desejo retribuir todo esse carinho, toda essa confiança, com ainda mais dedicação, mais trabalho pela educação, pela ciência e pela tecnologia alagoanas”, agradeceu Renan Filho.

 

 

O reitor da Universidade Federal de Alagoas (Ufal), Josealdo Tonholo, homenageou o governador com Moção de Reconhecimento, aprovada por unanimidade pelo Conselho Universitário da Ufal, em sessão realizada no dia 8 de março, pelas ações em favor da ciência, da tecnologia, da inovação, da educação e, particularmente, ao bom funcionamento da Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de Alagoas (Fapeal).

“O grande carro-chefe desse reconhecimento é o trabalho árduo da Fapeal que, hoje, é uma das principais sustentadoras do movimento de ciência e tecnologia do Estado, particularmente tendo como beneficiária a Ufal. Então, o Conselho Universitário entende que o governador deu um salto significativo e por isso aprovou por unanimidade essa moção”, destacou Tonholo.

 

 

A pró-reitora de Ensino do Instituto Federal de Alagoas (Ifal), Cledilma Costa, entregou a Renan Filho a Medalha de Honra ao Mérito. Ela representou o reitor da instituição, Carlos Guedes, que participava, naquele momento, da reunião do Conselho Nacional dos Dirigentes da Rede Federal de Educação Profissional, Científica e Tecnológica (Conif) em Uberada, Minas Gerais.

“Trata-se de uma homenagem de Honra ao Mérito por todo o trabalho desenvolvido pelo govenador Renan Filho nos dois mandatos dele; pelo investimento em educação na rede federal, um ato inédito nos 112 anos de história da nossa rede. Foi um investimento de, aproximadamente, R$ 48 milhões para a construção dos três campi em Batalha, Rio Largo e Santana do Ipanema”, citou Cledilma Costa.

O reitor Carlos Guedes participou da solenidade por meio de videoconferência e fez questão de parabenizar e agradecer ao governador Renan Filho pelos investimentos.

“Fiz aqui um apontamento junto à Diretoria e ao Pleno desse Conselho para que a gente pudesse participar dessa homenagem, desse reconhecimento e dessa gratidão, como já externei em outras ocasiões, a essa ação inédita para a rede federal. Fico muito feliz em poder contar com essa ajuda, com a sua sensibilidade de poder ajudar na consolidação da expansão do Ifal em Alagoas”, destacou o reitor.

 

 

A Universidade Estadual de Ciências da Saúde de Alagoas (Uncisal) concedeu a Renan Filho a Comenda Ib Gatto Falcão. A honraria foi entregue pelo reitor da instituição, Henrique de Oliveira Costa.

“Ib Gatto Falcão é o grande nome da instituição; foi ele que a fundou, que idealizou toda a nossa universidade e era um grande visionário. Essa comenda é uma comenda que a gente não entrega a qualquer um; é uma comenda muito bem estudada, tanto é que para poder recebê-la tem de ser aprovada por dois terços do Conselho. O governador, por todo o trabalho que fez, não só no Estado, mas, de forma muito especial pela Uncisal, pelos investimentos colocados lá e o que está sendo feito em recuperação do prédio. Trata-se, portanto, da maior obra desde a fundação da Universidade”, declarou.

O reitor da Universidade Estadual de Alagoas (Uneal), Odilon Máximo, também destacou os investimentos feitos pela gestão de Renan Filho na instituição pública de ensino superior.

 

 

“A Uneal passa hoje por grandes transformações em sua infraestrutura que acabaram por trazer melhores indicadores para a nossa Universidade. A Uneal tem hoje um índice geral da avaliação dos seus cursos bem mais elevado, por causa desses investimentos que foram feitos”, ressaltou Máximo, fazendo referência, ainda, as ações de valorização dos servidores.

Investimentos

Também participaram da solenidade o secretário de Estado da Ciência, Tecnologia e Inovação, Silvio Bulhões; da Comunicação, Enio Lins; e o diretor-presidente da Fapeal, Fábio Guedes.

Este destacou o conjunto de ações e estratégias implementado desde 2015 pelo Governo do Estado, que contemplou as instituições de ensino superior, os pesquisadores e os estudantes alagoanos na graduação, mestrado e doutorado. Segundo ele, isso foi feito por meio de bolsas de fomento e vários programas de apoio ao desenvolvimento científico e tecnológico, especialmente na inovação empresarial.

“Hoje nós celebramos, aqui no Palácio República dos Palmares, um momento único, histórico. É a primeira vez, nos últimos ciclos governamentais, que as quatro instituições de ensino superior concedem títulos aprovados por seus conselhos superiores homenageando um govenador de Estado”, observou Fábio Guedes.

 

“Nos últimos sete anos, foram investidos, passando pela Fapeal, em torno de R$ 100 milhões. Com esses recursos, pudemos fazer o lançamento de 80 editais públicos que democratizaram o acesso das universidades, da comunidade científica acadêmica e todas as instituições aos recursos públicos de fomento à ciência, tecnologia e inovação. Propiciamos, ainda, a realização de mais de 140 eventos científicos, acadêmicos e tecnológicos, o que permitiu o fomento da economia, sobretudo no turismo e serviços. Financiamos, também, a ida de mais de 150 pesquisadores para eventos acadêmicos e científicos. Destes, 70 foram para destinos internacionais, mostrando a qualidade da produção científica alagoana. Por fim, pudemos, em parceria com a imprensa oficial e as editoras das universidades, produzir cerca de 300 livros”, finalizou.






alagoas.al.gov.br


Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »

Na sua opinião, o prefeito Cacau Filho, até o momento está sendo:

24.2%
5.0%
1.2%
8.7%
59.9%
0.9%