15/03/2022 às 09h39min - Atualizada em 15/03/2022 às 09h39min

CARTÃO ESCOLA 10 E PROFESSOR MENTOR TÊM FEITO A DIFERENÇA NA QUALIDADE DE VIDA DE MILHARES DE ALUNOS ALAGOANOS

A educação de Alagoas tem ganhado cada vez mais novos investimentos. No último ano, dois novos programas, considerados inovadores no país, têm feito a diferença na vida de milhares de alunos da rede pública estadual, o Professor Mentor - Meu Projeto de Vida, e o Cartão Escola. O primeiro concede bolsas aos estudantes que são monitores de sala de aula, já o segundo - considerado o maior programa de combate à evasão escolar do país - concede três tipos de bolsas de incentivo aos matriculados do ensino médio da rede pública do estado. Juntos eles beneficiam mais de 130 mil jovens alagoanos.

Julia Fernanda, da Escola Estadual Princesa Izabel, em Maceió, é aluna mentora do Professor Mentor e, como estudante do ensino médio, também é beneficiada pelo Cartão Escola 10. Para ela, o programa tem feito toda a diferença para os alunos. “Eu sou movida a desafios. Esse projeto do Professor Mento me desafia, me move. Durante a pandemia, fiquei um pouco desligada, afastada da escola, mas esse programa trouxe de volta o prazer em estudar, em motivar meus colegas, tocar os meus projetos e, assim, tornar o meu processo de aprendizagem mais efetivo”, revela.

A aluna foi uma dos mais de 200 jovens que estiveram reunidos em bate-papo descontraído com o secretário de Estado da Educação, Rafael Brito, na manhã do último sábado (12), no Hotel Jatiuca Resort, em Maceió. De forma híbrida, o evento contou com alunos monitores do programa Professor Mentor presencialmente, a grande maioria da capital Maceió e região metropolitana, e mais de 500 alunos on-line de todas as partes do estado.
 

Outra estudante que aproveitou o momento para contar o quanto os programas da educação têm mudado a realidade dela foi Helen Silva, do EJA (Educação Para Jovens e Adultos) Modular, da Escola Estadual Deodoro da Fonseca, de Marechal Deodoro, região metropolitana de Maceió. 

“O programa não era, num primeiro momento, o meu maior interesse. Eu queria estudar para conseguir edificar o meu negócio. Mas quando soube que poderia receber uma bolsa pela mentoria, isso fez a diferença para mim, porque preciso conciliar trabalho e estudo. E, quando não conseguia, faltava recurso para aluguel, energia, enfim, minhas despesas. Quando chegava os R$ 500 do programa, eu não acreditava. Estou usando o dinheiro para pagar despesas e expandir meus negócios. Não é fácil ser mãe, dona de casa, empresária e terminar os estudos. Esse dinheiro tem feito toda a diferença para mim”, contou Helen, emocionada.

À frente do encontro, Rafael Brito foi homenageado pelos alunos pela atuação na pasta da educação. O gestor recebeu camisetas assinadas pelos alunos e os agradecimentos pelos programas implantados no último ano.

Em seu discurso, o secretário ressaltou a necessidade da colaboração dos alunos mentores para que os estudantes que ainda não receberam os recursos do Cartão Escola 10, tenham seus direitos garantidos. “Nós já passamos de 110 mil beneficiados, mas ainda tem gente que não recebeu o recurso do cartão,  e isso não é justo. E não é culpa de ninguém, é que é um alcance grande e muito complexo, por isso estou aqui para firmar um acordo com vocês, para que, juntos, a gente resgate quem tá fora e traga para dentro do programa. Não é justo numa sala de 40, 2 ficarem de fora. É determinação do governador Renan Filho, vamos juntos garantir que todos sejam beneficiados”, ressaltou.




















alagoas.al.gov.br


Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »

Na sua opinião, o prefeito Cacau Filho, até o momento está sendo:

24.2%
5.0%
1.2%
8.7%
59.9%
0.9%