18/02/2022 às 15h16min - Atualizada em 18/02/2022 às 15h16min

Prefeitura de Maceió inicia desassoreamento do Riacho do Silva, no bairro do Bebedouro

Córrego enfrentou transbordamento após chuvas da madrugada desta sexta-feira (18)

Com o objetivo de estancar o alagamento de vias e evitar transtornos para os moradores do Bebedouro, a Prefeitura de Maceió iniciou, nesta sexta-feira (18), o desassoreamento do Riacho do Silva. A situação do córrego, que recebe diversos resíduos de forma irregular, piorou com a chuva da última madrugada.

Uma máquina retroescavadeira auxiliou os agentes da Superintendência Municipal de Desenvolvimento Sustentável (Sudes) na retirada do barro alojado no canal, o que impede o escoamento das águas pluviais. Além disso, móveis inservíveis, pneus e outros resíduos que foram descartados no percurso do córrego erroneamente pela população também estão sendo recolhidos.
 

De acordo com Ronaldo Farias, superintendente da Sudes, o Riacho do Silva é um local crítico, que necessita de atenção constante.

"Mesmo antes do período chuvoso, o Riacho do Silva sofre esse tipo de transbordamento. É um córrego que necessita desse trabalho e estaremos aqui ainda na próxima semana, buscando minimizar essa situação de calamidade crônica. Com essa e tantas ações, esperamos garantir o conforto e evitar transtornos para quem transita ou reside na região", disse.
O serviço de limpeza de canais vem sem sendo realizado diariamente pela Prefeitura de Maceió. No mês de janeiro, o órgão está atuando no canal da Brejal, no bairro da Levada e no canal do Papódromo, que fica no Vergel do Lago. No Riacho do Silva, a previsão é que o trabalho dure cerca de uma semana e retire mais de 200 toneladas de detritos.









secommaceio


Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »