28/01/2022 às 12h30min - Atualizada em 28/01/2022 às 12h30min

É FALSO QUE CHÁ CONTENDO ALHO SEJA CAPAZ DE COMBATER GRIPE

Ingredientes podem amenizar sintomas, mas nutricionista alerta que mistura pode oferecer riscos se consumida em grande quantidade

 

Circula nas redes sociais um vídeo onde um homem ensina a receita de um chá que seria capaz de combater o vírus da gripe. O conteúdo mistura informações verdadeiras com orientações não recomendadas por especialistas. A nutricionista Karol Souza alerta que a mistura de ingredientes oferece riscos às gestantes.

O vídeo começa com a leitura de uma notícia sobre o aumento de casos de síndromes gripais e apresenta um chá feito com cebola, alho, limão e mel com a ideia de que combateria o vírus. Durante a narração, ele mostra o passo a passo da receita e informa os possíveis benefícios de cada ingrediente. “A cebola roxa aumenta a imunidade, o alho combate vírus, limão e mel fortalecem o sistema imunológico. O chá trata todo sistema respiratório”, afirma o homem que não se identifica na gravação.

O vídeo apresenta informações verdadeiras, mas também traz orientações equivocadas. A nutricionista Karol Souza reconhece que os ingredientes apresentam benefícios à saúde, mas que há exageros. “Os itens apresentam sim benefícios, porém o alho não combate o vírus. Na verdade, não existe alimento que combata o vírus. O alho é bactericida, mas não evita que você pegue a gripe, o chá apenas ajuda a aliviar os sintomas”, informa a nutricionista clínica.

Na questão nutricional, ela sugere uma boa alimentação e a busca por um profissional. “Em um período de alta contaminação do vírus da gripe, é preciso uma boa e saudável alimentação. É importante contar com um profissional que avalie a necessidade de um complemento, como o consumo de vitaminas, por exemplo”, orienta. 

Além disso, Karol lembra que o sistema imunológico não depende apenas da alimentação para o corpo estar preparado, resistir ou sofrer menos com os sintomas da gripe. Ela recorda que manter um estilo de vida com exercícios físicos e outras práticas saudáveis para a saúde mental, por exemplo, também influenciam em uma boa resposta imunológica do corpo.

A nutricionista também alerta que a mistura de ingredientes, como os citados no vídeo, se consumida em grande quantidade, ao invés de auxiliar na recuperação da saúde pode até oferecer riscos: “A gente não recomenda, por exemplo, que gestantes tomem esse tipo de chá, porque ele pode se tornar tóxico”.

A prevenção das síndromes gripais segue os mesmos protocolos sanitários para Covid-19: além da vacinação contra a influenza, que protege contra H1N1, os cuidados no dia a dia com o uso de máscara, higienização das mãos com frequência e o distanciamento social. Quando for necessário, ao sentir sintomas mais fortes, procurar atendimento médico na unidade de saúde mais próxima.

Alagoas Sem Fake

Com foco no combate à desinformação, a editoria Alagoas Sem Fake verifica, todos os dias, mensagens e conteúdos compartilhados, principalmente em redes sociais, sobre assuntos relacionados ao novo coronavírus em Alagoas e outros temas. O cidadão poderá enviar mensagens, vídeos ou áudios a serem checados por meio do WhatsApp, no número: (82) 98161-5890. Clique aqui para enviar agora.










alagoas.al.gov.br


Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »

Na sua opinião, o prefeito Cacau Filho, até o momento está sendo:

24.2%
5.0%
1.2%
8.7%
59.9%
0.9%