19/03/2018 às 16h23min - Atualizada em 19/03/2018 às 16h23min

Caos na Saúde de Arapiraca – uma má gestão?

Prefeito Rogério Teófilo não vem cumprindo promessas de campanha

- By Redação
Prefeito de Arapiraca Rogério Teófilo

 

Vivemos num País, em que as autoridades e governantes perderam o controle de todas as áreas de suas responsabilidades, a saber, segurança, saúde, educação, etc.

Em Arapiraca, falta, quase tudo, medicação básica: captopril e enalapril, antibióticos, há meses falta anticoncepcional, material para dentista(passou um ano para chegar), troca de diretores 11 remanejados em uma semana.

A situação crítica da saúde no município de Arapiraca não é muito diferente do resto do Brasil. Falta vontade política para resolver o problema. Habitualmente, não há verba suficiente para a saúde, entretanto, quando esta existe é corroída por dois tipos de cupins insaciáveis: a má gestão e a corrupção, irmãs siamesas. Os escândalos se sucedem e não perderei tempo em citá-los, pois tomaria toda matéria. Basta que se leia as notícias diárias.

É muita demora para se conseguir marcar uma consulta, que dirá um exame, o número de médicos é insuficiente, as filas são enormes, muitas vezes se madruga para se conseguir êxito na batalha pelo direito a saúde pública.

A população precisa ir nos órgãos de controle externo, bem como visitar cada um desses lugares para ver como está sendo oferecido os serviços de saúde para a população arapiraquense. Situações como da Unidade Básica de Saúde Fernando Lourenço, não são exemplos para nenhum lugar. 

Os atendimentos médicos estão reduzidos estoques de insumos zerados a exemplo de insulina. A população pobre está sofrendo.   O problema é da maior gravidade e exige ações emergenciais imediatas do Ministério da Saúde, Governo do Estado e do prefeito de Arapiraca, Rogério Teófilo.

O prefeito Rogério Teófilo vem desenvolvendo uma gestão fraca e sem expressão, vai, não vai, muda os coordenadores da saúde, mas, sua gestão não decola, falta gaze e até esparadrapo, dificuldade, até para se fazer curativo.

Nos últimos meses a falta de medicamentos na Rede Pública de Saúde preocupa a população que por muitas vezes precisa tirar dinheiro do próprio bolso para arcar com as despesas com remédios básicos, que é dever do Poder Executivo.

A falta de investimentos na saúde pública de Arapiraca é um sintoma do projeto desenvolvido pela atual gestão, nessa área essencial para a população mais pobre. A superlotação dos postos de saúde, ultrapassam o bom senso e a razoabilidade.

Kleydson Vytor Ferro Vanderley, de 38 anos, disputou uma cadeira para o parlamento mirim, pelo PMDB em 2016, obtendo 625 votos, ele, conhecido por Vytor Ferro, vem sendo uma espécie de baluarte no combate à corrupção. E asseverou que: “ os novos consultórios deixados pela gestão passada, é uma prova de irresponsabilidade por parte do prefeito”, retrucou, Ferro.

Uma das falas de Teófilo depois de eleito:  "Não nos afaga o ego, a grandeza do cargo, mas nos honra a oportunidade de trabalhar, e trabalhar mais ainda, por nossa Arapiraca", destacou Teófilo. Promessas, ficaram só no discurso.


Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »

Na sua opinião, o prefeito Cacau Filho, até o momento está sendo:

24.0%
5.1%
1.3%
9.0%
59.9%
0.6%