10/12/2021 às 08h44min - Atualizada em 10/12/2021 às 08h44min

ALAGOAS AMPLIA OFERTA DE ENSINO INTEGRAL E TEM UMA DAS CINCO MAIORES COBERTURAS DO PAÍS

Para o próximo ano, 45 unidades se integram as 62 que já ofertam a modalidade, totalizando 107 escolas de ensino integral no estado

Aluna assiste aula na Escola Estadual Nova Jersey, em Palmeira dos Índios, uma das unidades da rede estadual que oferecerá ensino integral

O Governo de Alagoas vai ampliar a oferta do ensino integral da rede pública estadual em 2022: para o próximo ano letivo, 45 unidades serão integradas às 62 instituições que já ofertam a modalidade, totalizando 107 escolas. Com isso, Alagoas passa a ser um dos cinco estados com a maior oferta de ensino integral do país. As novas unidades irão fazer parte do Programa Alagoano de Ensino Integral (pALei), atendendo as turmas de 6º ano do ensino fundamental e 1ª série do ensino médio com jornada diária entre 7h e 9h.

Para o secretário de Estado da Educação, Rafael Brito, essa conquista, que acontece em parceria com o trabalho integrado do Instituto Sonho Grande, é mais um marco desse novo momento vivido pela Educação em Alagoas.  

“Colocar Alagoas entre os cinco estados com a maior oferta de ensino integral do país é uma grande conquista. O ensino integral é muito mais do que jornada ampliada de estudos: ele permite o desenvolvimento integral do estudante, trabalhando não só aspectos intelectuais, mas também emocionais, sociais, físicos e culturais e focando no projeto de vida do jovem. Além disso, no sistema integral nossos jovens estarão seguros, terão cinco refeições diárias e um aprendizado mais amplo e que enriquecerá seus currículos na busca pelo primeiro emprego como também os preparará melhor na conquista de uma vaga nas universidades”, pontuou.

Das 45 novas escolas, 39 oferecerão o pALei no ensino médio, 3 no ensino fundamental II e outras 3 nos dois níveis. A expansão abrange unidades em Maceió, Arapiraca, Palmeira dos Índios, Penedo, Porto Real do Colégio, Major Isidoro, Maribondo, Minador do Negrão, Santana do Ipanema, Olho d’Água Grande, Marechal Deodoro, Poço das Trincheiras, Ouro Branco, Olivença, Mata Grande, Piranhas, Coruripe, Barra de São Miguel, Boca da Mata, Viçosa, Chã Preta, Maravilha, Carneiros, Branquinha, Murici, Igreja Nova, Matriz de Camaragibe e Rio Largo (ver lista completa no final desta matéria).
 

Meta

Brito lembra ainda que, com a expansão da oferta do pAlei, a rede estadual alagoana se aproxima do cumprimento da Meta 6 do Plano Estadual de Educação (PEE), que estipula que, até 2025, pelo menos 50% das escolas públicas ofereçam o ensino integral. “As 107 unidades de ensino que terão o programa em 2022 representam cerca de 35% de toda a rede estadual, que possui, ao todo, 310 escolas”, informa.

Novo Ensino Médio 

Outra novidade é que algumas dessas escolas, além do pAlei, ofertarão também o novo ensino médio. No ano letivo 2022, todas as escolas de ensino médio da rede estadual implantarão essa proposta nas turmas de 1ª série.

“No novo ensino médio, trabalharemos não só a formação básica com as 12 disciplinas existentes, mas também focaremos em itinerários formativos que enriquecerão o aprendizado dos alunos e na construção de seu projeto de vida”, explica Erivaldo Valério, supervisor de Ensino Médio da Seduc.

Novas escolas

Estas são as 45 escolas que passam a ofertar o ensino integral em 2022. Caso alguma unidade que não esteja na lista abaixo deseje integrar o pALei, basta entrar em contato com a Superintendência de Rede da Seduc, a Sure. “O ensino integral traz uma série de oportunidades de crescimento pessoal para o estudante e, se for o desejo da comunidade escolar fazer parte do programa, basta nos procurar”, adianta a superintendente Roseane Vasconcelos.

Maceió - Escolas Estaduais Rosalvo Lobo, Benedito Moraes, Ovídio Edgar, Theotonio Vilela Brandão, Pedro Teixeira, Guiomar de Almeida Peixoto, Romeu de Avelar e Centro Aurélio Buarque de Holanda;

Arapiraca - Escolas Estaduais Costa Rego e Professor Moacir Teófilo;

Palmeira dos Índios - Escolas Estaduais José Victorino da Rocha, Egídio Barbosa, Almeida Cavalcanti, Monsenhor Ribeiro Vieira e Nova Jersey;

Santana do Ipanema – Escolas Estaduais Professor Mileno Ferreira e Padre Francisco Correia;

Penedo - Escolas Estaduais Comendador José da Silva Peixoto e Dr. Alcides Andrade;

Porto Real do Colégio – Escolas Estaduais Dona Santa Bulhões e Firmo de Castro;

Mata Grande – Escolas Estaduais Gentil de Albuquerque Malta e Santa Cruz do Deserto;

Piranhas – Escolas Estaduais Xingó I e José Sena Dias;

Marechal Deodoro- Escola Estadual José Correia da Silva Titara;

Major Isidoro – Escola Estadual Deraldo Campos;

Maribondo – Escola Estadual Odete Bonfim;

Minador do Negrão – Escola Estadual Belarmino Vieira Barros;

Poço das Trincheiras- Escola Estadual Professora Ana Maria Teodósio;

Ouro Branco – Escola Estadual Professora Joanita de Melo;

Olivença- Escola Estadual Desembargador Augusto Costa; 

Olho d´Água Grande – Escola Estadual Anália Tenório;

Coruripe – Escola Estadual Professor Lima Castro;

Barra de São Miguel – Escola Estadual Misael Gonçalves Ferreira;

Boca da Mata- Escola Estadual Josefa Cavalcante Suruagy;

Viçosa- Escola Estadual Monsenhor Machado;

Chã Preta- Escola Estadual Izidro Teixeira;

Maravilha – Escola Estadual Professor Atanagildo Brandão;

Carneiros – Escola Estadual Dr. Emílio de Maia;

Branquinha – Escola Estadual Juvenal Lopes de Omena;

Murici- Escola Estadual Professor Loureiro;

Igreja Nova – Escola Estadual Professor Pedro Reys;

Matriz de Camaragibe – Escola Estadual Saturnino de Souza;

Rio Largo – Escola Estadual Rosalvo Ribeiro.







alagoas.al.gov.br


Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »

Na sua opinião, o prefeito Cacau Filho, até o momento está sendo:

24.2%
5.0%
1.3%
8.8%
59.7%
0.9%