05/02/2018 às 17h48min - Atualizada em 05/02/2018 às 17h48min

A perseguição de um governo elitista

O povo de Marechal Deodoro merece respeito, não podemos aceitar tanto autoritarismo de uma gestão fraca e sem rumo

- By Redação
Temos que enfrentar esse problema de frente

Estamos um pouco preocupados com o rumo desastroso dessa gestão em Marechal, uma coisa é você fazer uma gestão fraca e sem expressão, outra coisa, é começar a perseguir todo mundo que critica a gestão.

 

O prefeito precisa entender que ele teve o direito de criticar a gestão passada, o povo também teve esse direito, apesar dos atropelos do ex-gestor, não me recordo de sucessivas ações criminais contra os moradores, é bem verdade, que o MCCE, através do Coordenador Estadual Fernando Cpi, fez várias representações em desfavor do ex-prefeito Cristiano Matheus, mas, não existia até então uma coordenação municipal, atualmente, existe.

Nós não pretendemos ofender a honra ou a dignidade do prefeito Cacau Filho, e sim, a sua fraca gestão. É um direito constitucional, pois as críticas, consideradas pelo próprio prefeito, como severas, são dentro da legalidade, dos números e das provas, as supostas irregularidades precisam ser investigadas, se Cacau Filho, não é capaz de entender isso, estamos vivendo algo mais perigoso do que uma fraca gestão.

 

O prefeito deveria nos agradecer por apontar os erros e irregularidades da gestão, os excessos de gastos públicos, a falta de remédios, de mobilidade urbana, de infraestrutura, do excesso de cargos comissionados, da farra publicitária, da farra da comadre, mas, isso não tá ocorrendo, ele se vinga através de queixa-crime, processos e perseguição.

 

A cidadania plena, é algo que não negociamos e nem abriremos mão. Se não tem capacidade de enfrentar críticas, que renuncie. O que nos preocupa é o modo de governar da gestão - é um governo elitista.


DÊVIS KLINGER X CACAU FILHO

O prefeito Cacau Filho, contratou o escritório jurídico Marcelo Brabo advogados associados, para detonar uma representação disciplinar em desfavor do servidor Dêvis Klinger, perante a Corrgedoria Geral da Justiça do Estado de Alagoas, alegando má conduta do servidor - em uma tentativa nítida de suposta ameaça velada - ocorre - que o tiro poderá sair pela culatra - o Analista Judiciário Dêvis Klinger é operador do direito experiente nas esferas penal e administrativa - portanto - Cacau Filho - poderá - participar de um jogo - onde o final só demonstrará quem ele é - usando de um dos maiores escritórios de advocacia para prejudicar a ficha funcional do servidor que detém de 6 elogios na ficha funcional - conquistando mais 1(um) elogio - onde será homenageado ainda esse semestre na cerimônia do Juízo proativo - onde receberá diploma e medalha pelos relevantes serviços prestados em 2017 na unidade judicial que encontra-se lotado.

 

 

 


Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »

Na sua opinião, o prefeito Cacau Filho, até o momento está sendo:

24.0%
5.1%
1.3%
9.0%
59.9%
0.6%