03/12/2021 às 09h37min - Atualizada em 03/12/2021 às 09h37min

Com voto contra do deputado Ronaldo Medeiros, título de cidadão honorário de Bolsonaro é aprovado na ALE

Projeto foi votado em 2º turno nesta quarta-feira (01) na Assembleia Legislativa de Alagoas

“Não podemos dar este título para um cidadão que nada contribui para o nosso estado, pelo contrário, presta um desserviço para Alagoas e para todo o Brasil. Meu voto é contra”, foi o que defendeu o deputado estadual Ronaldo Medeiros (MDB) durante a sessão plenária desta quarta-feira (01), na Assembleia Legislativa de Alagoas, que votou o projeto que concede o Título de Cidadão Honorário de Alagoas ao excelentíssimo sr. Jair Messias Bolsonaro, atual presidente da República.

Medeiros foi o único entre os parlamentares que se pronunciou contrário à concessão do título que torna o presidente Bolsonaro (PL) cidadão alagoano. Este título é uma honraria em reconhecimento àqueles que têm trabalhos desenvolvidos no estado que, para o deputado Ronaldo, não é o caso do presidente.

“Bolsonaro não possui serviço algum prestado ao povo alagoano, pelo contrário. É um presidente omisso, que deixa as obras do Canal do Sertão paradas, sem recursos, que não incentiva a vacinação, responsável por grande parte das mortes que temos em virtude da Covid-19, não só em Alagoas, mas no Brasil. Esse crime que nós tivemos aqui em Maceió dentro de um ônibus é fruto do que esse senhor prega para o país e para o mundo”, explica Ronaldo Medeiros.

O projeto é de autoria do deputado Cabo Bebeto (PL). Os parlamentares Chico Tenório (PMN), Cibele Moura (PSDB) e Jó Pereira (MDB) pediram uso da palavra e abstiveram-se do voto, Antônio Albuquerque (PTB) votou favoravelmente, e os demais não se pronunciaram.






portaldealagoas.com


Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »

Na sua opinião, o prefeito Cacau Filho, até o momento está sendo:

24.2%
5.0%
1.3%
8.8%
59.7%
0.9%