09/10/2021 às 10h05min - Atualizada em 09/10/2021 às 10h05min

Secretaria Nacional da Família apresenta projeto “Famílias Fortes e Reconecte” em parceria com o CONISUL

Mais de 40 municípios parceiros do CONISUL participaram, no último dia 06, da apresentação dos projetos “Famílias Fortes e Reconecte” iniciativas da Secretaria Nacional da Família, Ministério da Mulher, Família e Direitos Humanos.

 

A atividade aconteceu no auditório da Associação dos Municípios Alagoanos (AMA) e contou com a presença da Secretária Nacional da Família, Ângela Gandra Martins, o coordenador-geral Gustavo Adolfo Santos, além da superintendente do Conisul, Pauline Pereira, do prefeito de Campo Alegre, Nicolas Pereira e da secretária de Assistência Social de Teotônio Vilela, Gizelda Lins.

O objetivo é iniciar a implementação das atividades nos municípios parceiros através das secretarias de Educação e Assistência Social. A ideia dos projetos é aliviar os transtornos familiares que fazem com que os jovens tenham um mau desempenho escolar.

Outro problema que chama bastante atenção entre os jovens é o uso de álcool, drogas, gravidez na adolescência, todos relacionados aos desajustes familiares.

Os projetos contarão com articuladores, auxiliares e facilitadores/aplicadores que poderão ser acadêmicos ou profissionais de nível médio ou superior (preferencialmente das áreas de assistência social, educação ou saúde) com disponibilidade de 5 horas semanais para aplicar a metodologia com um grupo de até 15 famílias.

A superintendente destacou que a vinda da equipe para Alagoas e a proposta de aplicação dos projetos podem ajudar na reestruturação e na melhoria das ações das assistências sociais nos municípios, uma vez que estreita os canais de contato e facilita a interlocução na busca, principalmente, de recursos para execução de projetos e programas.

Secretários da assistência social entregam documento pedindo apoio da SNF

Durante a apresentação dos projetos, os secretários de assistência social levantaram as dificuldades na execução de políticas públicas relacionadas ao atendimento as famílias e entregaram um documento reivindicando, entre vários itens, a recomposição do orçamento da assistência social e dos repasses integrais da IGDSUAS; o estabelecimento do percentual mínimo de repasse para a assistência social; o apoio a PEC383/17; entre outros pedidos.






ama-al


Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »

Na sua opinião, o prefeito Cacau Filho, até o momento está sendo:

23.7%
5.1%
1.3%
8.9%
60.1%
0.9%