28/09/2021 às 17h59min - Atualizada em 28/09/2021 às 17h59min

Vereador João Catunda anuncia vinda do FNDE a Alagoas em outubro

O presidente da Comissão de Educação da Câmara dos Vereadores de Maceió, João Catunda, informou nesta segunda-feira (27) que representantes do Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação (FNDE) aceitaram o convite da comissão para vir a Alagoas realizar uma força-tarefa com os municípios. O objetivo é agilizar a resolução de pendências das prefeituras e destravar investimentos para políticas de ensino, no momento de volta às aulas presenciais.


“Os representantes já programaram a visita na segunda quinzena de outubro. A ideia é também preparar as secretarias para viabilizar a estrutura necessária para este retorno com segurança, com apoio do Governo Federal”, declarou Catunda. De acordo com Catunda, os secretarários têm tido dificuldades para manejar o sistema da FNDE. “Será uma ótima possibilidade de tirar dúvidas e estreitar aos laços entre as gestões municipais de educação com o MEC e atrais mais programas oara nosso Estado”. A declaração foi dada na reunião dos secretários municipais de Educação, na sede da Associação dos Municípios Alagoanos (AMA).


Tecnologia


Catunda também defendeu que as secretarias de Educação dos municípios cada vez mais implantem o sistema híbrido de ensino e adote a tecnologia como uma ferramenta essencial para o aprendizado atualmente. “Acesso à internet e aos equipamentos como celular, tablet e notebook não é luxo, é direito. Os alunos da rede privadas já têm em grande parte e os da rede pública, não. Isso é uma desigualdade educacional que precisa ser combatida com seriedade”, defendeu Catunda, que deu dados como o da Unesco, de que há cerca de cinco milhões de estudantes brasileiros sem equipamentos ou dados de internet.

O presidente da Comissão de Educação ainda afirmou que o leilão do 5G que vai ocorrer no Brasil, neste fim do ano, contempla nele a ampliação de acesso à internet em todas as escolas do Brasil, resolvendo o problema de muitas escolas rurais ou de interiores distantes da capital.


Volta às Aulas


O secretário municipal de Educação de Maceió, Elder Maia, explanou sobre a volta às aulas na capital. Falou da necessidade de construir mais 30 centros municipais de educação infantil (CMEIs) e da dificuldade de gerir o problema das escolas perdidas com o afundamento de cinco bairros pela tragédia da mineração de sal-gema pela Braskem. Elder Maia também reconheceu o trabalho da campanha Volta às Aulas Segura, realizada pela Comissão de Educação da Câmara dos Vereadores. “O vereador João Catunda é um parceiro e vem nos acompanhando nas visitas às escolas”.


Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »