28/09/2021 às 08h29min - Atualizada em 28/09/2021 às 08h29min

Gazeta é condenada a indenizar governador Renan Filho por danos morais

A 6ª Vara Cível da Capital decidiu condenar a Gazeta de Alagoas a indenizar o governador Renan Filho por danos morais pela publicação de matéria sensacionalista em maio do ano passado.  
A sentença proferida pelo juiz Sérgio Wanderley Persiano diz que o material divulgado pelo portal Gazetaweb em 22 de maio de 2020 foi depreciativo, maculou a imagem do chefe do Executivo e induziu os leitores a erro.  
A matéria de cunho visivelmente tendencioso ignorou todos os pilares do fazer jornalístico ao não buscar informações junto às fontes cabíveis propositadamente. Diz a manchete: “Pajero utilizada por Renan Filho tem placa fria e não consta no Denatran”.  
Uma simples consulta ao Detran/AL elucidaria os questionamentos  feitos no texto. “Veículos disponibilizados para autoridades públicas podem, a requerimento das autoridades de segurança, utilizar placa reservada e/ou de representação, nos moldes dos arts. 115 e 116 do Código de Trânsito Brasileiro”, explica o órgão. 
O juiz classificou a manchete de “inegavelmente tendenciosa” e concluiu que o veículo da Organização Arnon de Mello cometeu abuso do exercício da liberdade de expressão. “A forma pela qual fora veiculada tal informação pela Ré, porquanto induz o leitor, inegavelmente, a juízo de valor negativo atrelado ao teor das expressões em comento”. 
A decisão fixou o pagamento de indenização por danos morais no valor de R$ 10.000,00 (dez mil reais), acrescido de juros de mora de 1% (um por cento) ao mês. A Gazeta também condenada em custas e honorários advocatícios. 







aconteceuBr
Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »