22/09/2021 às 07h01min - Atualizada em 22/09/2021 às 07h01min

CONVÊNIO ENTRE GOVERNO E MACEIÓ CONVENTION FOMENTA TURISMO DE NEGÓCIOS E EVENTOS EM AL

O Governo de Alagoas, através da Secretaria de Estado do Desenvolvimento Econômico e Turismo (Sedetur), assinou, nesta terça-feira (21), um termo de fomento com o Maceió Convention e Visitors Bureau (MCBV) para implementar ações de incentivo ao turismo de eventos e negócios no estado.   

A estratégia tem como objetivo promover Alagoas como um destino seguro para a realização de turismo de eventos e negócios impulsionando a realização de ações para captação e promoção de eventos ligados ao segmento corporativo no biênio 2021-2022. 

“A assinatura do termo significa mais velocidade nas ações do turismo para que o turista sinta uma resposta imediata do estado e veja a integração do poder público com a iniciativa privada. É importante desenvolver ações para o fortalecimento da retomada das atividades no segmento de eventos e do turismo em geral uma vez que nosso estado se encontra em grande expansão neste setor e a mão-de-obra aproveitada gera riqueza em outros setores da economia”, destaca o secretário do Desenvolvimento Econômico e Turismo de Alagoas, Marcius Beltrão.

O segmento de turismo de eventos é um dos que mais impactam na economia do estado. Segundo estimativa da Fundação Getúlio Vargas (FGV), o turista de negócios gasta em média quatro vezes mais que o turista de lazer. Até 2023, a estimativa é que mais de 60 mil turistas venham a Alagoas para participar de 69 congressos e eventos já marcados, injetando no estado cerca de R$ 75 milhões, segundo dados do MCVB.

Segundo o presidente da entidade, Glênio Vasconcellos Cedrim, as ações contempladas no termo de fomento visam dar continuidade ao trabalho de atração de turistas de eventos e negócios, resultando em um impacto direto na economia local.

“O turismo de eventos é um segmento muito importante para o turismo geral no nosso estado. Em alguns períodos nós temos uma sazonalidade na nossa atividade do sol e mar, que normalmente arrefeça um pouco nos períodos de abril a junho e agosto a novembro, e nós temos a grande possibilidade de trazer grandes eventos para a nossa capital, de dar continuidade ao trabalho de apoio aos eventos já predestinados em 2021 e 2022 e fazer com que a essa indústria consolide a nossa malha aérea, os nossos hotéis e cada vez mais emprego e renda para o nosso estado”, completa Cedrim.







alagoas.al.gov.br


Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »