18/09/2021 às 08h31min - Atualizada em 18/09/2021 às 08h31min

14 situações que você deveria evitar em uma viagem de avião

Sem tomar os devidos cuidados, uma viagem de avião pode se transformar em um verdadeiro transtorno para passageiros e tripulantes. Mesmo que o destino seja a realização de um sonho ou sinônimo de férias e descanso, o percurso até lá pode ser frustrante. Pensando em evitar situações desconfortáveis, a comissária de bordo e escritora freelancer Caroline Mercedes reuniu as situações mais desagradáveis que ela e seus colegas de voo já tiveram que enfrentar enquanto trabalhavam.

Ao site Insider, ela fez uma lista com 14 itens que todo passageiro deveria evitar ou se atentar para uma viagem confortável e tranquila. Confira:
 

Ignorar-nos na porta de embarque – “O embarque geralmente define o tom de todo o voo, por isso, agradecemos muito quando você nos diz olá”, ressalta Mercedes.

Não é possível ‘estreitar’ as conexões – A comissária relata ser estressante o fato de passageiros fazerem perguntas desse tipo com frequência. “A maioria dos passageiros têm mania de comprar voos com menos de 30 minutos de diferença, isso não é tempo suficiente”, ressalta. “Esse tempo [entre um voo e outro] deve ser de, no mínimo, uma hora”.
 

Não nos cutuque – “Essa foi a reclamação nº 1”, disse. “Não nos cutuque, não toque em nós para chamar nossa atenção. É desconfortável e soa grosseiro. Acene, uso o botão de chama ou nos chame, qualquer coisa. Mas, por favor, pare de nos tocar”, suplicou.

Não tire os sapatos no avião – De acordo com a comissário, é comum que passageiros tirem os sapatos e andem de meia pela aeronave, o que ela considera nojento e deselegante.

 

Não temos cobertores sobrando – Ela explica que aeronaves e aeroportos são frios de natureza, “provavelmente você vai passar frio, traga um casaco extra. Infelizmente, não adianta nos pedir cobertores, não temos uma dezena deles armazenadas no avião”, alega.

Não toque a campainha para nos entregar o lixo – “Se houve o momento para isso e você perdeu, você pode usar o saco para enjoo como um saco de lixo pessoal. No final do voo, lacre-o e entregue-nos”, indica.

 

Tire os fones de ouvido para falar conosco – Mesmo sem tocar nada, Caroline relata que eles podem atrapalhar a ouvir, além de encarar o gesto com desrespeitoso.

Não use o banheiro ao embarcar ou na decolagem – “Isso acontece em quase todos os voos”, disse. Ela explica que a atitude pode atrasar e atrapalhar os processos.
 

Não assista e nem ouça nada no volume alto – Esse é o momento correto para usar os fones de ouvido, até porque, é muito desconfortável quando o passageiro ao seu lado quer assistir a uma série com volume no autofalante e você quer dormir ou se concentrar no seu livro, por exemplo.

O uso da máscara é obrigatório – Caroline conta que alguns passageiros querem discutir sobre o seu uso, o que é desconfortável. É uma regra e burlá-la “pode significar que você não poderá voar conosco novamente ou, até mesmo, continuar para sua conexão mais tarde naquele dia”, alerta.

Nossa cozinha não é um estúdio de ioga – “Entendemos se você precisar esticar as pernas, mas não pode fazer isso em nossa cozinha, a parte da frente ou de trás do avião”, afirma. A comissária ainda esclarece que há uma regra que proíbe a circulação de passageiros nessas áreas.

Não acorde seu vizinho para oferecer lanche – “Se ele for um estranho e estiver dormindo, não o acorde. Eu prometo que eles não querem tanto comida de avião e, se quiserem beber ou comer algo, podem usar a luz de chamada”, alerta Caroline.

Fique de olho nos seus filhos – Mesmo que não exista a possibilidades de saírem do avião, a comissária esclarece que muitos pais dormem e deixam as crianças circulando na aeronave.

Não desconte suas frustrações nos comissários – “Ver as pessoas gritando conosco por coisas que estão fora de nosso controle é desgastante”, relata. Ela ainda disse que entende que, às vezes, essas pessoas só querem alguém para desabafar, mas que não é tudo que está ao seu alcance.












tnh1.com


Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »