25/03/2021 às 13h05min - Atualizada em 25/03/2021 às 13h05min

O Legado do Irmão Lázaro

Carreira musical

Iniciou a carreira na música aos 18 anos, quando comprou seu primeiro violão. Poucos meses depois, dedicou-se ao baixo elétrico. Com passagens pelas bandas Terceiro Mundo e Cão de Raça, Lázaro ingressou no Olodum, grupo no qual ficou famoso através da canção I Miss Her, com letra em inglês. Após enfrentar problemas com drogas e com dores, Lázaro converteu-se à religião evangélica, passando a compor e cantar música cristã contemporânea.

 

Na nova fase da carreira lançou várias obras, entre elas em 2008, o álbum ao vivo Testemunho e Louvor, gravado na Igreja Batista Central, na cidade de Feira de Santana, que lhe deu notoriedade no segmento evangélico e 10 indicações ao Troféu Talento 2009 - incluindo uma indicação dupla na categoria Música do Ano com Eu Te Amo Tanto e Meu Mestre.

 

Em 2009, assinou com a gravadora Som Livre, pela qual lançou o álbum Vai Mudar. Em seguida, optou por seguir como artista independente com o trabalho ao vivo Um Sentimento Novo, ambos com desempenho comercial inferior a Testemunho e Louvor. Em abril de 2012, o cantor assinou com a gravadora Sony Music Brasil e, dois meses depois, lançou o disco Quem Era Eu, gravado ao vivo em Feira de Santana.[11] Em 2013 o músico lançou Entre Amigos, cujo repertório foi contemplado por regravações com participações de FernandinhoDamaresRegis DaneseMarquinhos Gomes, entre outros.

 

Além de flertar com gêneros como o axé, Lázaro também gravou músicas com sonoridades de forró eletrônicoarrocha e reggae nos seus álbuns sucessores, como O Mundo É Crazy (2014) e Vou Continuar Orando (2016). Seu último trabalho foi o EP Entrega, lançado em 2019.

Discografia

Videografia

  • 2007: Testemunho e Louvor (Eu Te Amo Tanto) - Gravado na Igreja Batista Central, Feira de Santana
  • 2010: Um Sentimento Novo - Gravado ao vivo na Igreja Assembleia de Deus, Feira de Santana

 


Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »