04/03/2021 às 20h34min - Atualizada em 04/03/2021 às 20h34min

Alagoas regride à fase amarela do plano de distanciamento social controlado

Informação foi divulgada pelo governador Renan Filho durante live nesta quinta-feira (04)

Por 7Segundos
Alagoas regride à fase amarela do plano de distanciamento social controlado - Foto: Redes sociais

Alagoas retornará à fase amarela do plano de distanciamento social controlado, que é a de risco moderado. Antes, era a azul, de risco moderado baixo. A informação foi divulgada pelo governador Renan Filho (MDB), durante transmissão ao vivo nas redes sociais nesta quinta-feira (04). O estado vai regredir à esta etapa a partir dessa sexta-feira (05) e ficará até o dia 11 de março, próxima quinta.

Participaram da live o secretário de Estado da Saúde, Alexandre Ayres; do Planejamento, Gestão e Patrimônio, Fabrício Marques; e do Gabinete Civil, Fábio Farias. Também esteve presente o presidente da Associação dos Municípios Alagoanos (AMA), o prefeito de Cacimbinhas Hugo Wanderley (MDB). A AMA demonstrou apoio, de maneira unânime, ao posicionamento do Governo do Estado.

Com isso, os setores da economia só poderão funcionar com 50% da capacidade e terão o horário de funcionamento reduzido. Depois do dia 11, será feita um balanço sobre o avanço da Covid-19, doença causada pelo novo coronavírus, no estado, para avaliar quais as novas medidas que vão ser tomadas.

Todos os tipos de eventos estão suspensos, privados, comerciais e pessoais, boates, casas de festas e similares. As academias irão operar com metade da capacidade total; os shoppings vão abrir das 11h às 21h; o Centro de Maceió das 9h às 17h; lojas de rua das 10h às 19h de segunda a sábado; e bares e restaurantes até às 23h no máximo.

Os transportes intermunicipal e turístico também irão operar com 50% do total, porém, templos, igrejas e demais instituições religiosas podem funcionar com 60%.

Apenas cirurgias eletivas estão suspensas por 15 dias, com exceção as de câncer e problemas cardiovasculares.

“É a primeira vez que somos obrigados a discutir o comportamento da pandemia para mudar de fase. Vamos abrir todos os leitos que o estado puder, a meta é chegar a 1.500. Mas é fundamental que as pessoas entendam que, numa pandemia, a doença é coletiva”, ressaltou Renan.

O governador também informou que Alagoas é o terceiro estado no Brasil com o menor número de mortes por 100 mil habitantes, porém, ele pontuou que não existe o que comemorar em razão das mais de 3 mil vítimas da doença. “Estamos trabalhando duro para dar a oportunidade de imunização a todos”.

“Hoje, Alagoas é referência no Brasil com nossos resultados, mas não vamos conseguir continuar desse jeito sem ajuda da população”, suplicou o secretário Alexandre Ayres.

Fiscalização
O governador Renan Filho afirmou que a fiscalização vai ser intensificada neste período e que o secretário da Segurança Pública, Alfredo Gaspar de Mendonça, vai trabalhar em conjunto com as Vigilâncias Sanitárias e as Guardas Municipais dos municípios.
Em relação à Maceió, Renan disse que, após a reunião com a prefeitura, foi definido que o valor da multa vai aumentar e que o estado vai disponibilizar a Polícia Militar para auxiliar neste ponto.


Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »

Na sua opinião, o prefeito Cacau Filho, até o momento está sendo:

24.1%
5.1%
1.3%
9.0%
59.8%
0.6%