10/02/2021 às 21h26min - Atualizada em 10/02/2021 às 21h26min

Mais de 5000 agentes reforçam policiamento em Alagoas durante o carnaval

Por Ascom/ SSP
Policiais - Foto: Assessoria
A Secretaria de Estado da Segurança Pública (SSP) montou um planejamento operacional especial para o período de carnaval, que contará com emprego de policiais militares, policiais civis, delegados, bombeiros militares e peritos criminais, que estarão distribuídos em todos os municípios alagoanos a fim de garantir a segurança da população e também para fiscalizar o cumprimento das medidas sanitárias que recomendam a não realização de festas e eventos por conta do coronavírus. Ao todo, 5.400 agentes de segurança serão empregados neste reforço.

A Operação Carnaval terá início na próxima sexta-feira (12) e se encerrará na quarta-feira de cinzas (17). O secretário Alfredo Gaspar explicou que as forças de segurança farão operações de abordagem, rondas preventivas e também fiscalizações a fim de evitar a realização de festas irregulares e aglomerações. O Grupamento Aéreo, da SSP, também reforçará a segurança e dará apoio operacional.

“Estaremos empenhados para garantir a segurança dos alagoanos neste período atípico. O momento exige que as pessoas respeitem o distanciamento, evitem aglomerações e sigam as diretrizes do Decreto Governamental sobre as ações de enfrentamento à Covid-19. Lembramos, ainda, que perturbação do sossego é crime, devendo haver respeito às normas legais. Festas e aglomerações em desacordo com as normas serão combatidas”, enfatizou.

A Polícia Militar empregará um total aproximado de 3.400 militares, sendo que 2.400 policiais serão distribuídos nas unidades do interior e cerca de 1.000 em Maceió e Região Metropolitana. É importante destacar que haverá o policiamento ordinário, além deste reforço destinado ao período específico do carnaval, que fará patrulhamento a pé e motorizado de acordo com as estratégias definidas pelos Comandos de Policiamento da Capital (CPC) e do Interior (CPI) em conjunto com o Comando Geral e a SSP.

Haverá ainda policiamento nas rodovias estaduais como os trechos litorâneos das Rodovias AL 101 Sul e AL 101 Norte, além das rodovias AL 115 e AL 220, que registram maior tráfego de veículos.

“A Polícia Militar de Alagoas fará cumprir o que o decreto governamental determina em conjunto com as demais forças, para garantir a tranquilidade durante o período momesco. Apesar de não termos nas ruas movimentações específicas como blocos e desfiles, a Polícia Militar continuará atuando e a população pode nos acionar por meio do 190 para denunciar aglomerações ou outras ocorrências”, disse o comandante-geral da PM, coronel Wellington Bittencourt.

Já na Polícia Civil, 1.172 integrantes da instituição, entre agentes de polícia, escrivães e delegados, estarão escalados durante o período. A Central de Flagrantes, no bairro do Farol, funcionará todos os dias em regime de plantão de 24 horas, assim como as delegacias da Barra de São Miguel, Paripueira, São Miguel dos Milagres, Maragogi, Viçosa, Novo Lino, União dos Palmares, Arapiraca, Palmeira dos Índios, São Miguel dos Campos, Penedo, Coruripe, Delmiro Gouveia, Santana do Ipanema, Batalha e de Pão de Açúcar.

Haverá ainda emprego das unidades especializadas – Tigre e Asfixia, em municípios do interior. A Operação Policial Litorânea Integrada (OPLIT) permanecerá realizando patrulhamento diário, além de atendimento ao cidadão prestando informações e confeccionando boletins de ocorrência em suas duas bases, localizadas no antigo Alagoinhas e no Posto 7.

"Esperamos que o carnaval deste ano atípico, em função da pandemia, transcorra com muita tranquilidade e respeito aos cuidados para se evitar a contaminação pela Covid-19. A Polícia Civil estará pronta para atuar na eventualidade de qualquer tipo de incidente, seguindo a orientação do secretário de Segurança Pública, Alfredo Gaspar, e do governador Renan Filho", afirmou o delegado-geral Paulo Cerqueira.

O Corpo de Bombeiros terá um reforço de 825 bombeiros militares, que serão empregados de sexta a quarta-feira, com uma média diária de 165 militares. De modo geral, a corporação fará atividades preventivas em praias, rios, lagoas e locais com aglomerações de pessoas, além de disponibilizar guarnições para atendimento de ocorrências de resgate e salvamento.

As ações serão realizadas na capital e Região Metropolitana e também nas regiões Agreste, Sertão, Zona da Mata, Baixo São Francisco e Norte de Alagoas. Segundo a corporação, estarão disponíveis viaturas de resgate, salvamento e combate a incêndio.

“O Carnaval é um dos principais períodos de trabalho para o efetivo do Corpo de Bombeiros, quando reforçamos nossas guarnições e aumentamos os postos de trabalho, adequando o efetivo de pronto emprego ao aumento de demanda do período festivo. Mesmo diante das medidas de controle da pandemia, teremos reforço no serviço de guarda vidas nas praias da Região Metropolitana e em todo interior, além da reorganização temporária do efetivo dos serviços de incêndio, resgate e salvamento visando a diminuição do tempo resposta nos atendimentos, especialmente nas rodovias”, disse o comandante-geral do Corpo de Bombeiros, coronel André Madeiro.

O perito-geral, Manoel Melo, informou também que a Perícia Oficial contará com equipes plantonistas tanto no Instituto de Criminalística como nos Institutos de Medicina Legal de Maceió e Arapiraca, para atendimentos de ocorrências em todo o estado de Alagoas, durante 24 horas por dia.
Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »

Na sua opinião, o prefeito Cacau Filho, até o momento está sendo:

23.7%
5.1%
1.3%
8.9%
60.1%
0.9%