10/02/2021 às 15h23min - Atualizada em 10/02/2021 às 15h23min

Deu ruim para Collor de Mello

“Eu sou um brasileiro pagador de impostos e você é meu funcionário. Vai trabalhar e me respeite”

Bruno Gagliasso
Depois de participar como convidado de uma reunião com o presidente Jair Bolsonaro e de ter dado sugestões econômicas ao planalto, querendo aparecer mais na era digital o senador por Alagoas, Fernando Collor de Mello, foi criticado pelo galã das novelas e ator da nova geração Bruno Gagliasso, o senador tentou sem sucesso constranger Bruno, mas o tiro saiu pela culatra, já que Collor é meio queimado com os brasileiros - politicamente falando - e deverá sair da política ao final do mandato em 2022, por desistência ou pelo voto, já que não tem mais densidade eleitoral suficiente para uma disputa com um político da nova era digital, sem muitos arranhões e desgastes como o senador por Alagoas, o atual governador de Alagoas, Renan Filho, é o grande favorito.


Vejamos o que disse Bruno nas redes sociais:


"Chega a ser uma piada esse presidente que representaria tudo de 'novo' trazer pra ser seu conselheiro econômico um sujeito que fez tantas famílias sofrerem com sua política econômica. BolsoCollor é um escárnio”

 
Collor rebateu:


"Sujeito, para de espernear e querer lacrar. Aproveita o tempo vago e vai fazer algo de útil pelo Brasil. Se não conseguir, vai para Noronha e para de encher o saco."

 
 A discussão não parou por aí e Bruno Gagliasso respondeu ao senador:

 
 "Tá querendo palco, irmão? Eu não ganho dinheiro do povo pra estar no Twitter ofendendo os brasileiros. Eu sou um brasileiro pagador de impostos e você é meu funcionário. Vai trabalhar e me respeite”

Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »

Na sua opinião, o prefeito Cacau Filho, até o momento está sendo:

24.1%
5.1%
1.3%
9.0%
59.8%
0.6%