05/02/2021 às 12h10min - Atualizada em 05/02/2021 às 12h10min

Comércio de Arapiraca quer abrir no Carnaval para evitar aglomerações e fechamento posterior das atividades

Presidente do Sindilojas Arapiraca, Wilton Malta, concedeu entrevista à rádio 91FM

Por NN1.com.br
Centro de Arapiraca. Foto: Ascom/Prefeitura de Arapiraca

Comerciantes de Arapiraca querem abrir o comércio no período de Carnaval para evitar aglomerações em outras localidades, e um possível fechamento posterior das atividades varejistas. O presidente Sindicato do Comércio Varejista de Arapiraca (Sindilojas Arapiraca), Wilton Malta, concedeu entrevista à rádio 91FM na manhã desta sexta-feira (04/02).

“Estamos querendo o funcionamento do comércio normal no período do Carnaval, isso não vai solucionar o problema das empresas que estão com dificuldade desde o início da pandemia, mas vai evitar que as pessoas se aglomerarem em eventos em outras cidades, e isso pode prejudicar o comércio lá na frente, com aumento de casos de Covid-19, e o comércio precisar fechar novamente, como já aconteceu em outras cidades do Brasil”, explica Wilton Malta.

O Sindilojas também cobra um posicionamento da Prefeitura de Arapiraca quanto as atividades no período do Carnaval, uma vez que em todos os anos a Feira Livre da segunda de Carnaval é antecipada, nesse caso, o comércio quer que a Feira aconteça no dia, para que as atividades varejistas funcionem de forma normal.

“Isso é muito sério, e é um prejuízo muito maior do que abrir três dias de Carnaval para evitar aglomerações em outras localidades”, concluiu.

Outras ações

Na quarta-feira (03/02) uma comissão da Prefeitura de Arapiraca, formada por representantes das secretarias de Desenvolvimento Econômico e Turismo e Desenvolvimento Urbano e Meio Ambiente, participou de um encontro para debater a organização e melhorias na segurança do centro.

Entre os assuntos, foram discutidos o funcionamento dos hidrantes, as faixas de pedestre e a presença da SMTT no Centro do município.

“Sobre o funcionamento dos hidrantes, que estão no centro comercial, estamos com receio de que haja necessidade de utilização dos equipamentos, e eles não estão funcionando”, explica o presidente do Sindilojas.

Também foi discutido os estacionamentos irregulares, e as faixas de pedestres que não estão sinalizadas. “Também estamos sentido a necessidade do município retornar com a SMTT ao centro”, finalizou.


Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »

Na sua opinião, o prefeito Cacau Filho, até o momento está sendo:

23.7%
5.1%
1.3%
8.9%
60.1%
0.9%