16/01/2021 às 15h27min - Atualizada em 16/01/2021 às 15h27min

Klever Loureiro defende Justiça mais célere, austera e eficiente

Como novo presidente do TJAL, desembargador garantiu que será firme na defesa da Corte e dos seus propósitos constitucionais

Klever Loureiro garantiu que sua administração será feita em parceria com os demais desembargadores. Foto: Itawi Albuquerque

Ao ser empossado como novo presidente do Tribunal de Justiça de Alagoas (TJAL), nesta sexta-feira (15), Klever Loureiro garantiu que a sua administração será colegiada, feita em parceria com os demais desembargadores.

"Afastarei quaisquer odores de autoritarismo, discricionarismo e antirrepublicanismo. As senhoras e os senhores tenham a convicção de que saberei ser firme em defesa desta Casa e dos seus propósitos constitucionais e legais", ressaltou.

Na magistratura há 34 anos, Klever Loureiro disse que sua chegada ao cargo de presidente do TJAL não significa apenas um degrau na carreira. "Não é apenas alcançar a função mais alta do Poder Judiciário estadual. É mais uma etapa do amor de uma vida. Realmente o amor pela judicatura". 

Em seu discurso, ele agradeceu aos amigos e familiares e enalteceu o trabalho dos servidores do Judiciário. Segundo o desembargador, ele será um parceiro na defesa do funcionalismo do TJAL.

Klever Loureiro garantiu que os seus princípios e valores na Presidência do TJAL se confundirão com os princípios e valores presentes na Carta da República e na Constituição do Estado de Alagoas. "Haverei de me alimentar diariamente desses princípios e desses valores para defender o Poder Judiciário estadual e os seus jurisdicionados", assegurou.

Ao tomar posse, o desembargador lembrou ainda as vítimas de Covid-19. "Nestes tempos de pandemia, em que milhares de vidas foram ceifadas por um vírus implacável, é dever nosso rever as prioridades individuais e coletivas".

E concluiu: "Saberei honrar a escolha [como presidente do TJAL] com o equilíbrio e a temperança que se impõem nesse desafio".

Klever Loureiro estará à frente do Judiciário estadual no biênio 2021-2022. Nesse período, o vice-presidente do TJAL será o desembargador José Carlos Malta Marques.

"A expectativa é a melhor possível. A gestão contará, de certeza, com esse canal aberto entre a Presidência e a Vice", disse José Carlos Malta. Já o corregedor-geral da Justiça será o desembargador Fábio José Bittencourt Araújo. "Darei continuidade ao que já vinha sendo feito no que concerne às serventias judiciais e extrajudiciais, assim como à magistratura e ao jurisdicionado em geral", assegurou.

Autoridades

A solenidade de posse contou com a presença do governador Renan Filho; do presidente da Assembleia Legislativa, deputado Marcelo Victor; do presidente do Superior Tribunal de Justiça (STJ), ministro Humberto Martins; do procurador-geral de Justiça do estado, Márcio Roberto Tenório; do prefeito de Maceió, João Henrique Caldas, entre outras autoridades.

 

O presidente do STJ disse ter confiança de que a nova gestão terá sucesso e dará respostas aos questionamentos das partes envolvidas em litígios, "com sensibilidade, independência, harmonia e imparcialidade".

O ministro também cumprimentou os desembargadores Tutmés Airan, Sebastião Costa e Fernando Tourinho, que comandaram o Judiciário estadual no biênio anterior. "Meus cumprimentos pela exitosa gestão e notável trabalho em prol do jurisdicionado e da sociedade alagoana".

Diego Silveira - Dicom TJAL
imprensa@tjal.jus.br


Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »