25/08/2020 às 18h27min - Atualizada em 25/08/2020 às 18h27min

Programa Escola 10 está entre finalistas do Prêmio Excelência em Competitividade

Promovido pelo Centro de Liderança Pública (CLP), o programa participa da seleção na categoria Destaque Boas Práticas

Mais uma vez, as boas práticas da educação alagoana são reconhecidas nacionalmente. Dentre 200 projetos inscritos na modalidade Destaque Boas Práticas do Prêmio Excelência em Competitividade, promovido pelo Centro de Liderança Pública (CLP), o programa Escola 10 - criado em 2017 pelo Governo de Alagoas e que possibilitou o regime de colaboração entre o Estado e os municípios para elevar os índices educacionais do estado - foi um dos seis projetos selecionados.

 

O prêmio desenvolvido pela CLP, uma organização que atua para mobilizar a sociedade e o poder público na defesa de causas que fortaleçam a democracia e melhorem o funcionamento do Estado brasileiro, tem como objetivo conhecer e reconhecer os estados brasileiros que desenvolvem políticas, programas ou projetos estaduais de impacto e que consigam atingir positivamente a vida da população. Alagoas ficou entre os finalistas juntamente com projetos dos estados do Maranhão, Paraíba e Rio Grande do Sul.

 

“É um momento muito gratificante. Isso é resultado de um trabalho coletivo, próprio, construído por nossos profissionais, que levaram Alagoas a uma merecida e respeitada posição com destaque nacional. A gente encontrou na nossa rede pessoas apaixonadas, entusiasmadas, que conseguiram construir ao longo deste período tudo isto que estamos vendo hoje. Alagoas não apenas melhorou o Índice de Desenvolvimento da Educação Básica, o IDEB, mas também diminuiu a taxa de reprovação, aumentou a taxa de conclusão do Ensino Médio, são vários indicadores que apontam para a seriedade do trabalho do governador Renan Filho, que sempre priorizou a Educação”, afirmou a secretária de Estado da Educação, professora Laura Souza.

 

O programa - O Escola 10 foi lançado em 2017 como uma proposta de articulação com os municípios para a melhoria da qualidade da educação em Alagoas. Dentre as principais estratégias estão o acompanhamento pedagógico de todas as escolas públicas municipais e estaduais, com a realização da Prova Alagoas com diagnóstico, fornecimento de material didático complementar e ainda formações para articuladores, secretários municipais de educação e para os gestores das escolas da rede estadual.

Além disso, o programa visa aumentar o nível de proficiência dos estudantes - garantindo aprendizado adequado em Língua Portuguesa e Matemática - aumentar a taxa de aprovação e de participação de estudantes na Prova do Saeb e reduzir a taxa de abandono e de distorção idade x série, possibilitando o aumento do IDEB e transformando a vida das crianças e jovens.

 

Em estudo comparativo realizado pelo Banco Mundial com base no último IDEB- o de 2017- Alagoas aparece entre os melhores do Nordeste no Ensino Fundamental. No estudo, ao considerar a influência do IDH (Índice de Desenvolvimento Humano) nos resultados, quando se trata dos anos iniciais, Alagoas sobe cinco posições, ficando atrás apenas do Ceará, que é destaque no Brasil e no Mundo, e em terceiro nos anos finais, atrás do Ceará e Piauí. 






fonte:agenciaalagoas.al.gov.br


Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »

Na sua opinião, o prefeito Cacau Filho, até o momento está sendo:

24.0%
5.1%
1.3%
9.0%
59.9%
0.6%