06/09/2017 às 13h53min - Atualizada em 06/09/2017 às 13h53min

POLÍCIA FEDERAL SEGUNDA FASE DA OPERAÇÃO MANAUEIROS

Operação ocorre em Campo Alegre

- Por gazeta web

A Polícia Federal (PF) cumpriu três mandados de busca e apreensão e um de prisão preventiva na manhã desta quarta-feira (6), durante a segunda fase da "Operação Manaueiros". Um servidor público foi preso. Ele é apontado como o responsável por fornecer os certificados de conclusão do ensino médio falsos em nome de uma escola municipal de Campo Alegre.

A operação que apura a notícia de derrame de certificados de conclusão do ensino médio falsos, todos contendo o nome da Escola Municipal de Ensino Médio Felizardo Lima, situada no povoado de Luziápolis, em Campo Alegre/AL, os quais teriam sido utilizados para obtenção de vínculos empregatícios temporários junto às Prefeituras de Campo Alegre/AL e Teotônio Vilela/AL

Foram expedidos três mandados de busca e apreensão e um de prisão preventiva. Em Campo Alegre foi preso o servidor público J.J.S., de 49 anos. O mesmo foi apontado por várias das pessoas que se utilizaram dos certificados falsos como a pessoa que forneceu tais documentos às mesmas, mediante pagamento de quantia pré-determinada.

O preso será ouvido e indiciado como incurso nas penas dos Artigos 288 e 297 do Código Penal Brasileiro, cujas penas, somadas, podem chegar a 9 anos de reclusão. Posteriormente, será encaminhado a estabelecimento prisional situado nesta capital

 


Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »

Na sua opinião, o prefeito Cacau Filho, até o momento está sendo:

24.0%
5.1%
1.3%
9.0%
59.9%
0.6%