18/04/2020 às 08h58min - Atualizada em 18/04/2020 às 08h58min

Instituições ajudam população com distribuição de refeições e cestas básicas

Entidades precisam receber doações para continuar a realizar a prestação destes serviços

internet

As instituições sociais do Estado de Alagoas são fundamentais para a população e, por conta disso, algumas delas não podem parar neste momento de crise causado pela pandemia do novo Coronavírus. São entidades cadastradas na campanha Nota Fiscal Cidadã (NFC) e que trabalham proporcionando a alimentação de famílias e pessoas em situação de rua. 

Por estarem atuando em um momento delicado, as organizações necessitam ainda mais da ajuda e solidariedade da população, seja através de doações ou do serviço de voluntariado. 

"É o serviço destas instituições que possibilita a refeição de pessoas em condições de vulnerabilidade e que, às vezes, contam com essa iniciativa como única fonte de alimento. Elas estão precisando de doações em dinheiro e também de itens da cesta básica comum e de produtos de higiene que são repassados aos assistidos por cada projeto", explica a chefe de Educação Fiscal, Glácia Tavares. 

Entre as entidades que não fecharam suas portas estão a Associação Espírita Nosso Lar, o Instituto Estrela de Jesus, a Creche Escola Jesus de Nazaré, a Associação Santa Lúcia, o Lar da Menina, o Lar Batista Marcolina Magalhães, a Casa de Ranquines, o Lar Francisco de Assis, a Casa Luiza de Marilac e o Abrigo São Vicente de Paula. 

A associação Quebrando Correntes em Piranhas, a Casa de Shalom em São Miguel dos Campos, a Associação Madre Esperança em Joaquim Gomes, o Instituto Filhos de Davi em Santana do Ipanema e a Fazenda Esperança em Poço das Trincheiras são outras entidades que também estão realizando este trabalho. 

As instituições que trabalham com pessoas em tratamento de câncer, como a Apala e a Rede Feminina de Combate ao Câncer, também não pararam e necessitam de doações como estas. 






 

 

Para doar, o cidadão pode entrar em contato direto com cada organização citada ou com a Sefaz através do número (82) 98833-9089, que fará a mediação da entrega.






fonte/agenciaalagoas.al.gov.br


Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »

Na sua opinião, o prefeito Cacau Filho, até o momento está sendo:

24.0%
5.1%
1.3%
9.0%
59.9%
0.6%